Capacete usado por Hollande esgotou em 24 horas. A marca agradece

ng3091209

A história é sobejamente conhecida e conta que, durante mais de um ano, o presidente francês manteve, alegadamente, uma relação amorosa com a atriz Julie Gayet.

Apesar da notícia ter causado alguns danos na imagem do Palácio do Eliseu – e provocado a rutura do presidente com a ex-Primeira Dama Valérie Trierweiler – houve quem saísse a ganhar com o episódio: a empresa que fabrica o capacete que François Hollande usava quando se deslocava de “acelera” para visitar Julie Gayet e com o qual aparece nas fotografias publicadas pela revista tablóide “Closer”.

Devido à publicidade gratuita, o capacete da marca Dexter – com que Hollande surge nas imagens – esgotou em apenas 24 horas, tendo vendido mil unidades, segundo a revista francesa Le Point. Números fora do normal, particularmente quando se sabe que são necessários 10 a 15 dias para vender os mesmos mil capacetes, fabricados pela empresa Motoblouz, com vendas anuais de 20 mil unidades.

As vendas surpreenderam de tal maneira a empresa, que esta até agradeceu a publicidade a François Hollande, num anúncio publicado no jornal Le Libération com o título “Merci Monsieur le Président”. No agradecimento confirmava-se ainda a rutura de stocks: “Depois da publicação recente de fotografias, que mostram o presidente
numa scooter a usar um capacete da marca Dexter, este modelo está em
rutura de stock, vítima do seu sucesso.”

Sucesso que já levou à mudança de nome do modelo do dito capacete. O velho “Milano” passa agora a chamar-se “Président Bluetooth”.

Para os mais impacientes, no entanto, e enquanto a produção não conseguir escoar as encomendas, é possível comprar um modelo semelhante ao de François Hollande, em segunda mão, no portal de classificados Le Bon Coin.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Alberto Souto de Miranda
(Gerardo Santos / Global Imagens)

Governo. “Participar no capital” dos CTT é via “em aberto”

Congresso APDC

“Temos um responsável da regulação que não regula”

Congresso APDC

Governo. Banda larga deve fazer parte do serviço universal

Outros conteúdos GMG
Capacete usado por Hollande esgotou em 24 horas. A marca agradece