capital de risco

Capital Criativo adota nova marca e quer atrair investidores estrangeiros

Os sócios da C2 Capital Criativo. Por ordem (da esq. para a dir.):  Gonçalo Mata; Nuno Gaioso Ribeiro; André Oliveira; Pedro Figueiredo.

Foto: Miguel Ribeiro Fernandes
Os sócios da C2 Capital Criativo. Por ordem (da esq. para a dir.): Gonçalo Mata; Nuno Gaioso Ribeiro; André Oliveira; Pedro Figueiredo. Foto: Miguel Ribeiro Fernandes

Fundada em 2009, a empresa tem cerca de 430 milhões de euros sob gestão e participações no capital de 25 empresas e 15 ativos.

A empresa de capital de risco Capital Criativo passa a adotar, a partir de hoje, a marca C2 Capital Partners, marcando o início de uma nova fase “mais focada na diversificação de investidores, incluindo a captação de investidores institucionais internacionais”.

Fundada em 2009, em plena crise financeira, a empresa tem cerca de 430 milhões de euros sob gestão e participações no capital de 25 empresas e 15 ativos dos mais diversos setores de atividade.

“Este processo de rebranding, permite, ainda, ao internacionalizar o nome, facilitar a comunicação com o mercado e amplificar o sinal do radar na captação de investidores, incluindo estrangeiros”, referiu a empresa num comunicado divulgado esta segunda-feira.

“Quisemos evoluir para um nome mais internacional, mais imediatamente identificável com a nossa atividade de investimentos, a que juntámos a assinatura experience raised, porque temos efetivamente um bom histórico para mostrar aos potenciais investidores”, afirmou Gonçalo Mata, sócio da C2 Capital Partners, citado no comunicado.

Frisou que a marca “reflete bem” o que a empresa é bem como a experiência que tem vindo a adquirir, tal como a vontade de ir consolidando a sua posição junto de investidores nacionais e levantar capital fora de Portugal.

A sociedade gere seis fundos, sendo 25 as empresas participadas no portefólio de expansão, correspondentes aos fundos C2 Growth I, Revitalizar Sul, C2 Growth III e C2 R&D Growth IV e cerca de 15 ativos na carteira de investimentos alternativos. Ao todo, emprega 15 colaboradores, “com experiência acumulada na área de gestão de private equity.

O projeto de rebranding da marca esteve a cargo da Agência 9.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa (D), e o presidente da Câmara Municipal de Loures, Bernardino Soares (E), participam na conferência de imprensa no final de uma reunião, em Loures. MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Costa: “Há países que foram colocados em listas vermelhas por retaliação”

João Rendeiro, ex-gestor do BPP

João Rendeiro, ex-presidente do BPP, condenado a pena de prisão

O deputado do Partido Social Democrata (PSD) Ricardo Batista Leite. (RODRIGO ANTUNES/LUSA)

PSD quer transferir reuniões do Infarmed para o parlamento

Capital Criativo adota nova marca e quer atrair investidores estrangeiros