carro autónomo

Carro autónomo da Uber mata pela primeira vez um pedestre

É o primeiro caso de um automóvel autónomo a atingir mortalmente um peão e aconteceu no Arizona, nos Estados Unidos.

Um carro autónomo da Uber matou hoje uma mulher na localidade de Tempe, no Arizona, revelou a polícia local. A vítima foi atropelada quando estava a atravessar a rua fora da zona da passadeira.

O carro tinha um ocupante, mas seguia de forma autónoma no momento em que atingiu a mulher, que não terá reparado no carro. O veículo não conseguiu reagir a tempo de evitar o acidente.

A Uber já lamentou o acidente no Twitter: “Os nossos sentimentos à família da vítima. Estamos a cooperar com as autoridades locais na sua investigação”.

A empresa disse também que vai parar os testes com carros autónomos em Phoenix, Pittsburgh, São Francisco e Toronto.

O ano passado já tinha havido um incidente com um dos veículos autónomos da Uber, com um acidente sem vítimas mortais.

Entretanto, de acordo com o jornal asiático The Nikkei, a Uber está a negociar com a Toyota uma parceria para instalar a tecnologia de carros autónomos nos modelos da marca.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Fotografia: REUTERS/Philippe Wojazer/File Photo

Comissão Europeia multa Altice em 125 milhões pela compra antecipada da PT

O ministro das Finanças, Mário Centeno. Fotografia: MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Mário Centeno diz que “não há folga orçamental”

Jean-Claude Juncker, Presidente da Comissão Europeia.  EPA/PATRICK SEEGER

Bruxelas pode fazer cortes de 6% em coesão e agricultura

Outros conteúdos GMG
Carro autónomo da Uber mata pela primeira vez um pedestre