Automóvel

Carro Zica muda de nome por causa do vírus

carro zica Tata-Zica-Photo-2

Tata Motors diz ser uma "companhia socialmente responsável" e, por isso, anunciou que dentro de algumas semanas mudará o nome do Zica

A culpa é da epidemia do vírus Zika. A empresa indiana Tata Motors anunciou que irá mudar o nome do seu mais recente modelo automóvel, o Zica, para que não se confunda com o vírus que está a afetar milhões de pessoas pelo mundo fora.

Leia mais notícias sobre o vírus Zika aqui.

“Dentro de algumas semanas”, anunciou a Tata Motors – que lançará amanhã o Zica em Nova Deli – o carro será rebatizado.

“O acrónimo do carro era ZICA, derivado de Zippy Car. Solidários com o sofrimento causado pelo recente surto do zika vírus em muitos países, a Tata Motors, como companhia socialmente responsável, decidiu renomear o carro”, informou em comunicado.

“O novo carro será mostrado ao público pela primeira vez na Auto Expo 2016, Nova Deli, de 3 a 9 de fevereiro. Ainda terá o rótulo Zica durante o evento, mas o novo nome será anunciado daqui a algumas semanas, garantindo que todas as questões relacionadas a consumidores/marca sejam tratadas.”

A campanha publicitária já estava em marcha e a cara do Zica era o jogador argentino Lionel Messi.

O vírus Zika

O vírus Zika é transmitido aos seres humanos por picada de mosquitos infetados, não se transmitindo de pessoa para pessoa.

Segundo a Direção Geral da Saúde (DGS), “os sintomas e sinais clínicos da doença são, em regra, ligeiros: febre, erupções cutâneas, dores nas articulações, conjuntivite, dores de cabeça e musculares”. “Com menor frequência, podem ainda ocorrer dores nos olhos e sintomas gastrointestinais.

Há suspeitas (ainda não inteiramente comprovadas) de que a doença possa provocar alterações fetais durante a gravidez, em particular microcefalia”, acrescenta a DGS.

Foram notificados casos de doença por vírus Zika em vários países: Brasil, Cabo Verde, Colômbia, El Salvador, Fiji, Guatemala, México, Nova Caledónia, Panamá, Paraguai, Porto Rico, Samoa, Ilhas Salomão, Suriname, Vanuatu, Venezuela, Martinica, Guiana Francesa e Honduras.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Fotografia: Gerardo Santos/Global Imagens

Saídas para a reforma disparam 43% na função pública

Foto: DR

EDP flexibilizou pagamento de faturas no valor de 60 milhões de euros

Ministro de Estado, da Economia e Transição Digital, Pedro Siza Vieira. TIAGO PETINGA/LUSA

Moratórias bancárias estendidas até final de setembro de 2021

Carro Zica muda de nome por causa do vírus