Automóvel

Carros autónomos: Ford abre porta a parcerias com concorrentes

REUTERS/Anushree Fadnavis
REUTERS/Anushree Fadnavis

Grupo norte-americano poderá juntar-se ao grupo Volkswagen no desenvolvimento de tecnologia para os carros autónomos.

Nas últimas semanas, não se tem falado de outra coisa no mundo automóvel: os grupos Ford e Volkswagen poderão juntar-se para desenvolver tecnologia para os carros autónomos. Os dois fabricantes já admitiram estar em negociações para formar esta espécie de aliança atlântica. Os norte-americanos da Ford assumem que estão disponíveis para trabalhar com outras marcas para o desenvolvimento desta tecnologia, adianta Sherif Marakby, presidente da unidade de carros autónomos do grupo.

“O investimento conjunto com pessoas que se possam complementar entre si faz todo o sentido. O desenvolvimento e negócio de carros autónomos custa milhares de milhões de dólares num só continente, por isso, quando tentamos promover isso em vários continentes faz todo o sentido partilhar o risco e as receitas”, explica este responsável da Ford em entrevista publicada este domingo no Financial Times.

Este dirigente não quis comentar em detalhe as notícias que dão conta das negociações entre os dois grupos. Mas o presidente executivo do grupo Volkwagen, Herbert Diess, já veio dizer que poderão haver partilha de plataformas de carros elétricos com a Ford e colaboração no fabrico de automóveis nos Estados Unidos.

Na sexta-feira, a Bloomberg adiantou que a Volkswagen poderá investir na Argo AI, a empresa parceira da Ford no desenvolvimento de serviços para carros autónomos. Em troca, os norte-americanos poderão apoiar financeiramente o programa da Volkswagen para vender milhões de automóveis elétricos na década de 2020, segundo a mesma agência.

Ao aprofundar a aliança, Volkswagen e Ford estão a reduzir o investimento necessário para entrar na nova geração do automóvel. O grupo alemão tem gastado dezenas de milhares de milhões de euros para reparar os danos causados pela fraude de emissões de 11 milhões de automóveis a gasóleo; os norte-americanos têm implementado um programa de redução de custos nos últimos anos.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Imagem de 2016 sobre as filas no atendimento para obter o passe do Metro, esta tarde na estação do Campo Grande em Lisboa. 
( Pedro Rocha / Global Imagens )

Passe Família já pode ser pedido. Mas prepare-se para a burocracia

Imagem de 2016 sobre as filas no atendimento para obter o passe do Metro, esta tarde na estação do Campo Grande em Lisboa. 
( Pedro Rocha / Global Imagens )

Passe Família já pode ser pedido. Mas prepare-se para a burocracia

Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa.

Programa Regressar arranca. Governo dá incentivo até 6500 euros a emigrantes

Outros conteúdos GMG
Carros autónomos: Ford abre porta a parcerias com concorrentes