Habitação

Casas. Preços em Portugal mais perto de níveis pré-crise do que Espanha e Grécia

Foto: REUTERS/Andrew Winning
Foto: REUTERS/Andrew Winning

Mercado imobiliário português liderou a recuperação pós-crise face a países mais afetados pela crise financeira.

Os preços das casas estão mais próximos dos níveis pré-crise em Portugal do que em Espanha, Grécia e Irlanda, os países mais afetados pela crise financeira de 2008. Os dados da Confidencial Imobiliário mostram que o mercado imobiliário português liderou a recuperação pós-crise face a estes países.

Leia também Novo crédito à habitação aumenta para valores antes da troika

Em Portugal, os preços das casas em Portugal registaram uma quebra acumulada de 20,5% durante a crise financeira; a recuperação acumulada é de 17,3% desde o mínimo do mercado, em meados de 2013.

“Portugal foi o país que melhor se comportou, tendo apresentado ajustamento de preços em baixa menos tempestivos do que a Irlanda, Espanha ou Grécia, razão pela qual está agora também mais próximo do que estes países dos níveis de preço anteriormente praticados”, explica Ricardo Guimarães, diretor da Confidencial Imobiliário, em nota enviada às redações esta quarta-feira.

A Irlanda, um dos países resgatados pela troika, foi o primeiro a iniciar a recuperação nos preços das casas, depois de uma quebra acumulada de 55% no período da crise.

Em Espanha, após uma quebra acumulada de 36,4%, os preços das casas já recuperaram 15,3%.

Na Grécia, ao contrário de Portugal, Espanha e Irlanda, os preços das habitações continuam a cair. A quebra acumulada é de 41,1%. O país sofre do “desconforto dos agentes em investir no mercado” helénico. Portugal, Espanha e Irlanda, pelo contrário, “recuperaram a confiança dos investidores”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
O ministro das Finanças, Mário Centeno MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Orçamento pode trazer novo alívio de 200 milhões de euros no IRS

Ponte 25 de Abril

Atrasos no concurso não comprometem arranque das obras na Ponte 25 de Abril

LEONARDO NEGRAO /Global Imagens

Grupo português investe 80 milhões na compra da Toys “R” Us Iberia

Outros conteúdos GMG
Casas. Preços em Portugal mais perto de níveis pré-crise do que Espanha e Grécia