Retalho Alimentar

Continente reduz 200 toneladas de açúcar na marca própria

continente

Iogurtes, batatas fritas, bolachas e polpa de tomate foram alguns dos 60 artigos de marca própria alvo da intervenção da insígnia.

O Continente melhorou a composição nutricional de 60 artigos da marca própria e durante este ano reduziu o teor de sal, açúcar e gorduras de produtos como batatas fritas ou iogurtes com marca da insígnia de retalho alimentar do grupo Sonae.

Ao todo, e só este ano, a insígnia reduziu 45 toneladas de sal, em produtos como batatas fritas, polpas de tomate e sopas; 200 toneladas de açúcares em iogurtes líquidos e bolachas e 25 toneladas de gorduras em iogurtes gregos, informou em nota de imprensa.

Uma movimentação com vista a melhorar o perfil nutricional dos produtos de marca própria do Continente, área onde a insígnia tem mais de 4 mil referências, num momento em que crescem as preocupações junto dos consumidores com os temas da saúde.

A redução do sal, açúcar e gorduras tem sido uma meta também imposto pelo Governo, tendo negociado com a indústria objetivos de redução destes ingredientes.

Dados divulgados pela DGS (Retrato Saúde 2018) revelam que 10% da população portuguesa é afetada pela diabetes, às quais se juntam 36% de adultos a sofrer de hipertensão e outros 57% que são obesos ou vivem em risco de obesidade, enquanto 30% das crianças tem excesso de peso e 12% são obesas.

 

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
(Fotografia: Pedro Granadeiro / Global Imagens )

Vendas de carros descem 71,6% em maio

O primeiro-ministro, António Costa. Fotografia: António Cotrim/Lusa

PIB pode registar quebra entre 9% a 15% em 2020

Lisboa, 25/05/2016 - Aspecto do Palco Mundo, durante uma reportagem do Diário de Notícias sobre o que acontece nos dias em que no Festival Rock in Rio não há concertos.

( Gustavo Bom / Global Imagens )

APSTE: Setor dos eventos com prejuízos de 20 milhões no segundo trimestre

Continente reduz 200 toneladas de açúcar na marca própria