CGD aprova aumento de capital de 2,5 mil milhões

A operação faz parte do plano de recapitalização do banco que foi aprovado recentemente por Bruxelas.

Em comunicado enviado à CMVM esta manhã o banco liderado por Paulo Macedo confirma a decisão em avançar com o aumento de capital no valor de 2,5 mil milhões de euros. Recorde-se que esta operação está inserida no plano de recapitalização no valor global de 3,9 mil milhões de euros, que foi aprovado por Bruxelas no início de março.

"A Caixa Geral de Depósitos S.A (CGD) informa que, por deliberação social unânime por escrito de 17 de Março de 2017, o accionista único da CGD (Estado português) decidiu proceder ao aumento do capital da CGD no montante de € 2.500.000.000, mediante a emissão de 500.000.000 novas ações ordinárias de valor nominal de € 5,00 cada", explica o banco em comunicado. E adianta ainda: "Este aumento de capital será subscrito e realizado pelo referido acionista no dia da liquidação da emissão das obrigações subordinadas additional tier 1 no montante de € 500.000.000".

Recorde-se que esta semana a CGD irá realizar um 'roadshow' em várias cidades europeias, onde Paulo Macedo irá encontrar-se com diversos investidores institucionais com o objetivo de apresentar esta emissão de obrigações do banco público. Em declarações proferidas na semana passada, Paulo Macedo mostrou-se confiante sobre a colocação desta emissão: "Temos indicações dos bancos de investimento de que há uma procura importante. Estão centenas de reuniões agendadas e, se correr bem, a operação realiza-se a breve trecho".

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de