CGD paga 0,4% para emitir 500 milhões em dívida sustentável

Procura da primeira emissão de dívida sustentável de um banco português superou três vezes a oferta.

A Caixa Geral de Depósitos (CGD) concluiu a emissão de 500 milhões de euros em dívida sustentável, a seis anos, numa operação cuja taxa final foi de 0,4%.

A taxa de juro do cupão ficou fixada em 0,375%, segundo a Bloomberg, que avança que a procura atingiu os 1450 milhões de euros.

A emissão de dívida sénior preferencial da CGD foi anunciada na passada sexta-feira. Trata-se da primeira do género efetuada por um banco em Portugal.

Segundo a CGD, esta emissão sustentável "direciona os fundos captados para o financiamento de operações de crédito dos seus clientes nos domínios ambientais e do desenvolvimento socioeconómico".

Explicou que "a emissão permitirá endereçar oito Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas que vão da eficiência energética à geração de emprego em áreas menos favorecidas".

No âmbito da sua estratégia, o banco público "quer ser líder" no apoio à transição das empresas portuguesas para uma dimensão mais sustentável, através da disponibilização de linhas de financiamento.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de