CGD quadruplica prémios em período de reestruturação

Entre 2016 e 2020, prémios de mérito aos trabalhadores no banco público aumentaram 322,8%. Montante tem aumentado praticamente todos os anos.

A Caixa Geral de Depósitos (CGD) quadruplicou os prémios de mérito aos trabalhadores durante os cinco anos do processo de reestruturação. O banco do Estado também acelerou as promoções enquanto reduzia o número de trabalhadores e fechava balcões.

Entre 2016 e 2020, os prémios de mérito aos trabalhadores subiram 322,8%, dos 2,3 para 9,7 milhões de euros, segundo as contas da edição desta terça-feira Jornal de Negócios. 2019 foi o ano com prémios mais avultados, no valor de 12,1 milhões de euros.

No mesmo período, as promoções de funcionários da CGD praticamente quintuplicaram: 169 pessoas ascenderam no banco em 2016; o mesmo aconteceu a 1060 pessoas em 2020.

Ao abrigo da reestruturação imposta pela Comissão Europeia, o banco do Estado perdeu mais de um quarto dos funcionários, para 6583 pessoas; o número de agências encolheu, de 677 para 543.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de