CIP promove segunda edição do Projeto Promova, focado na liderança no feminino

A CIP apresenta esta quinta-feira, em parceria com a Nova SBE, a segunda edição do Projeto Promova, um programa criado para desenvolver talentos com potencial de liderança.

A segunda edição do Projeto Promova é apresentada esta quinta-feira. Resultante de uma iniciativa entre a CIP - Confederação Empresarial de Portugal e a Nova SBE, este projeto tem como objetivo o desenvolvimento de talentos femininos com potencial de liderança, através de um programa de formação de executivos e apoio ao desenvolvimento das participantes através de sessões de networking, coaching e outras atividades.

A apresentação deste programa contará com a presença do Presidente da CIP, António Saraiva, e também do Dean da Nova SBE, Daniel Traça.

Participarão nesta apresentação Isabel Barros, da Sonae MC, e Paula Carneiro, da EDP, que falarão sobre "a importância da diversidade na gestão de topo das empresas". Carla Sequeira, secretária-geral da CIP, e Marta Pimentel, da Nova SBE, darão a conhecer em linhas gerais as várias componentes desta segunda edição.

Carla Sequeira, secretária-geral da CIP, explica que "o Promova surge da necessidade de encontrarmos novas abordagens para promover de forma mais eficaz a cultura da igualdade de género nas empresas, como a CIP há muito defende."

"Consideramos que as empresas não podem desperdiçar talentos, necessitam, nas diversas funções organizacionais, das pessoas mais bem preparadas e com melhores competências, sejam homens ou mulheres. Por maioria de razão esta questão é ainda mais relevante nas equipas de liderança, direção e administração das empresas. As empresas que têm equipas de gestão com maior equilíbrio de género são mais inovadoras e obtêm melhores resultados de negócio, com crescimento e rentabilidades mais elevadas", exemplifica a secretária-geral da CIP.

"Inspirámo-nos na experiência do Proyeto Promociona, um projeto da nossa Congénere CEOE - a Confederação de Empregadores Espanhola, com quem fizemos uma parceria, e tivemos o apoio do Mecanismo Financeiro Plurianual do Espaço Economico Europeu, conhecido como EEAGrants, o que nos permitiu concretizar a primeira edição do Promova."

Na primeira edição deste projeto, que foi atrasada em três meses devido à pandemia, foram recebidas 46 candidaturas por parte de 27 empresas. "O balanço é muito positivo", afirma Carla Sequeira "Até agora, atingimos todos os objetivos a que nos propusemos."

"A pandemia de covid-19 obrigou-nos a atrasar o início do projeto em cerca de três meses e, também, a adaptarmos o modelo que tínhamos preparado às limitações desta situação de exceção, mas a verdade é que foi possível concretizar o programa, que está, nesta altura, a meio, com um feedback muito positivo por parte das participantes", destaca.

"Tanto a avaliação dos módulos formativos já realizados como o feedback sobre as sessões de coaching e sobre os eventos de networking fazem-nos ter confiança de que serão as próprias participantes as principais promotoras desta segunda edição."

Entre edições foram feitos "alguns ajustes aos módulos formativos" e introduzida "mais uma sessão de coaching e mais valências, como mindfulness, que acrescentam ao plano curricular" testado na sessão anterior.

As candidaturas podem ser feitas por "qualquer empresa sensibilizada para a promoção da igualdade de género no local de trabalho e mulheres executivas interessadas", desde que tenham o apoio da respetiva empresa. Os requisitos mínimos são ter uma licenciatura ou nível de estudos superiores equiparável, dez anos de experiência profissional, ter um cargo de responsabilidade até à data e um nível de inglês (B2). Também é necessária uma carta de apoio da empresa.

Outros fatores que podem ter influência na candidatura são outros idiomas além do inglês, tipo de experiência profissional, outros certificados e diplomas ou experiência internacional.

As candidaturas poderão ser feitas online, até ao dia 1 de fevereiro de 2021. O número máximo de participantes para esta edição será de 30.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de