tarifa social

Clientes da tarifa social duplicam mas continuam “longe” da meta do Governo

Jorge Moreira da Silva admitiu que número de clientes da tarifa social está longe do objetivo do Governo
Jorge Moreira da Silva admitiu que número de clientes da tarifa social está longe do objetivo do Governo

Em dezembro de 2014, apenas havia 45 mil consumidores que tinham aderido à tarifa social de eletricidade e gás natural. O número mais do que duplicou nos primeiros três meses do ano para os 95 consumidores. Ainda assim, continua longe do objetivo dos 500 mil consumidores, estipulado pelo Governo, adiantou Jorge Moreira da Silva esta segunda-feira.

“Os comercializadores disseram que abril foi o mês com maior número de adesões dos últimos três anos. Ainda assim, estamos longe dos 500 mil” consumidores estimados, referiu o ministro da Energia, citado pela Agência Lusa, após uma reunião com comercializadores de eletricidade e de gás natural, instituições e associações de ação social, Associação Nacional de Freguesias, Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE), DGEG – Direção Geral de Energia e Geologia, Autoridade Tributária e Segurança Social.

Em declarações aos jornalistas, Moreira da Silva adiantou um valor de 50 mil novos beneficiários de tarifa social no primeiro trimestre, quando em dezembro totalizavam 45 mil, segundo o presidente da ERSE.

As alterações promovidas no acesso a este tarifário, no final de 2014, podem ajudar a explicar a duplicação dos clientes no espaço de três meses.

Nas alterações feitas pelo Governo inclui-se o aumento do desconto mensal, que passou de 20% para 34%, o que significa que o financiamento da tarifa de eletricidade, que é da responsabilidade das empresas, vai ter de aumentar.

Em vez dos 900 mil euros que pagavam agora vão passar a pagar 24 milhões de euros. Um montante que incide sobre os contratos de energia que o Governo tem com empresas como a EDP ou a Endesa, e que até já originou que a EDP colocasse várias ações em tribunal contra esta forma de pagamento.

No gás natural, o equivalente ao desconto que se dá na tarifa social é pago pelos contribuintes na conta e não pelas empresas.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
apple one

Apple One junta vários serviços, chega a Portugal mas com limitações. O que tem

A  90ª edição da Micam, a feira de calçado de Milão, está agendada para os dias 20 a 23 de setembro, com medidas de segurança reforçadas. Fotografia DR

Calçado. Micam arranca este domingo e até há uma nova marca presente

Os ministros da Presidência do Conselho de Ministros, Mariana Vieira da Silva (C), Economia, Pedro Sia Vieira (E) e do Trabalho Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho (D). MANUEL DE ALMEIDA/POOL/LUSA

Portugal é o quarto país da UE onde é mais difícil descolar do mínimo

Clientes da tarifa social duplicam mas continuam “longe” da meta do Governo