fintech

CMVM lança inquérito sobre estado das fintech em Portugal

A presidente da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), Gabriela Figueiredo Dias. Fotografia: JOÃO RELVAS/LUSA
A presidente da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), Gabriela Figueiredo Dias. Fotografia: JOÃO RELVAS/LUSA

Supervisor dos mercados quer conhecer melhor o ambiente das startups financeiras. Inquérito está disponível até dia 31 de julho.

A CMVM – Comissão do Mercado de Valores Mobiliários – lançou o primeiro inquérito sobre o impacto das startups financeiras (fintech) em Portugal. O documento do supervisor nacional dos mercados “é dirigido a empresas tecnológicas e intermediários financeiros, bem como associações representativas” mas qualquer cidadão poderá preenchê-lo.

“A CMVM acompanha de forma dinâmica e proativa o crescente nível de inovação tecnológica no mercado financeiro e procura através deste primeiro inquérito agregar informação relevante sobre o mercado português com o objetivo de propiciar um enquadramento regulatório e de supervisão coerente com o desenvolvimento financeiro e económico e que, paralelamente, ofereça níveis de proteção adequados aos investidores”, justifica a entidade liderada por Gabriela Figueiredo Dias na sua página da Internet.

O inquérito está disponível até 31 de julho na página da CMVM e poderá ser preenchido a partir desta página.

O documento é lançado num ano em que o supervisor registou a primeira entidade gestora de financiamento colaborativo. A CMVM certificou a Raize como empresa que pode realizar campanhas deste género através de uma bolsa de empréstimos para pequenas e médias empresas.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Facebook's founder and CEO Mark Zuckerberg reacts as he speaks at the Viva Tech start-up and technology summit in Paris, France, May 24, 2018. REUTERS/Charles Platiau - RC11ABE16B10

Abusos nos dados privados pode custar ao Facebook entre 3 a 5 mil milhões

Foto: Global Imagens

Jovens licenciados portugueses com maior probabilidade de terem salários baixos

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa,  intervem durante a sessão solene comemorativa dos 45 anos da Revolução de 25 de Abril na Assembleia da República em Lisboa, 25 de abril de 2019. ANTÓNIO COTRIM/LUSA

Presidente da República pede “mais ambição” para resolver problemas

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
CMVM lança inquérito sobre estado das fintech em Portugal