Coca-Cola regista subida do lucro de 7% no primeiro semestre

As vendas da empresa norte-americana de bebidas que tinham recuado em 2020 devido à pandemia de covid-19 recuperaram agora e voltaram aos níveis de 2019.

A Coca-Cola anunciou esta quarta-feira que registou lucros de 4.886 milhões de dólares (4.150 milhões de euros) no primeiro semestre, 7% mais face ao mesmo período de 2020, com uma recuperação das vendas no segundo trimestre.

Boa parte do aumento ocorreu no segundo trimestre, quando a empresa com sede em Atlanta teve receitas de 10.129 milhões de dólares, uma subida de 42% em termos homólogos, graças a um aumento das vendas após a abertura da hotelaria e dos espetáculos.

A empresa norte-americana faturou entre janeiro e junho 19.149 milhões de dólares, 22% mais do que no mesmo período de 2020, segundo o comunicado divulgado.

As vendas da empresa de bebidas que tinham recuado em 2020 devido à pandemia de covid-19 recuperaram agora e voltaram aos níveis de 2019.

"Os nossos resultados do segundo trimestre mostram que o nosso negócio está a recuperar de forma mais rápida do que a economia em geral", destacou o presidente da empresa, James Quincey.

A Coca-Cola apontou que as vendas melhoraram graças ao aumento da procura à medida que os consumidores regressaram a restaurantes, salas de concerto ou estádios, com um aumento muito sólido na América do Norte, o seu maior mercado, mas também na Europa e na América Latina.

Com estes resultados, a Coca-Cola melhorou as suas previsões para o resto do ano e as suas ações registavam uma subida de 2,75% na abertura de Wall Street.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de