aviação

Companhia aérea Easyjet cancelou 1.263 voos em junho

Fotografia: D.R.
Fotografia: D.R.

Os cancelamentos deveram-se às greves registadas em França e em Itália e também ao estado do tempo

A Easyjet cancelou 1.263 voos no mês passado, a maioria devido às greves registadas em França e em Itália e ainda por causa do estado do tempo, informou a companhia aérea de baixo custo.

Cerca de 900 voos foram cancelados por segurança devido às greves em França e Itália e 150 devido a restrições de controlo de tráfego aéreo por causa das tempestades, refere a companhia, que no mesmo período do ano anterior cancelou 213 voos.

Apesar de tudo, o número de passageiros transportados em junho subiu para 7,9 milhões, 2,3% mais que no ano anterior, enquanto a taxa de ocupação foi de 95,4% no mês passado, contra 94,8% em 2017.

Nos últimos 12 meses e até o final de junho, a companhia aérea britânica transportou 83.273.673 passageiros, um aumento de 6,6% em relação ao mesmo período do ano anterior.

A taxa de ocupação para esses 12 meses foi de 93,5%, contra 92,1% no mesmo período do ano anterior.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
O antigo secretário de Estado da Energia e da Inovação, Henrique Gomes, fala perante a Comissão Parlamentar de Inquérito ao Pagamento de Rendas Excessivas aos Produtores de Eletricidade, na Assembleia da República em Lisboa, 23 de janeiro de 2019. TIAGO PETINGA/LUSA

Henrique Gomes disse que “Mexia é osso duro de roer” e teve de sair da REN

A área alimentar gerou vendas históricas de quatro mil milhões de euros. Fotografia: D.R.

Sonae atinge vendas recorde de 6,3 mil milhões com impulso do Natal

António Costa, primeiro-ministro, e Mário Centeno, ministro das Finanças, num debate parlamentar sobre o OE2019. Fotografia: REUTERS/Rafael Marchante

Universidade Católica prevê menos crescimento em 2018 e 2019

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Companhia aérea Easyjet cancelou 1.263 voos em junho