aviação

Companhia aérea Easyjet cancelou 1.263 voos em junho

A easyJet tem registado uma forte procura. Fotografia: D.R.
A easyJet tem registado uma forte procura. Fotografia: D.R.

Os cancelamentos deveram-se às greves registadas em França e em Itália e também ao estado do tempo

A Easyjet cancelou 1.263 voos no mês passado, a maioria devido às greves registadas em França e em Itália e ainda por causa do estado do tempo, informou a companhia aérea de baixo custo.

Cerca de 900 voos foram cancelados por segurança devido às greves em França e Itália e 150 devido a restrições de controlo de tráfego aéreo por causa das tempestades, refere a companhia, que no mesmo período do ano anterior cancelou 213 voos.

Apesar de tudo, o número de passageiros transportados em junho subiu para 7,9 milhões, 2,3% mais que no ano anterior, enquanto a taxa de ocupação foi de 95,4% no mês passado, contra 94,8% em 2017.

Nos últimos 12 meses e até o final de junho, a companhia aérea britânica transportou 83.273.673 passageiros, um aumento de 6,6% em relação ao mesmo período do ano anterior.

A taxa de ocupação para esses 12 meses foi de 93,5%, contra 92,1% no mesmo período do ano anterior.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Paulo Azevedo, Chairman e Co-CEO da Sonae, e Ângelo Paupério, Co-CEO da Sonae.

(Leonel de Castro / Global Imagens)

Sonae SPGS com lucros de 200 milhões até setembro

Veículos estacionados no porto de Setúbal, durante a greve dos estivadores precários, em Setúbal, 14 de novembro de 2018. Em causa está um diferendo laboral desencadeado por um grupo de estivadores precários e a empresa de trabalho portuário Operestiva, que afeta várias empresas, entre as quais a Autoeuropa. ANDRÉ AREIAS/LUSA

Setúbal: Operestiva disposta a negociar se estivadores voltarem ao trabalho

Primeira-ministra Theresa May, 14 de novembro de 2018. EPA/FACUNDO ARRIZABALAGA

Brexit: May consegue apoio do Governo e aprova rascunho do acordo final

Outros conteúdos GMG
Companhia aérea Easyjet cancelou 1.263 voos em junho