Poupa Energia

Comparar 200 tarifários de luz e gás está agora à distância de um clique

energia

Arranca a plataforma que permite aos consumidores simularem a melhor tarifa de luz e gás e mudarem de comercializador online

Depois de meses de sucessivos adiamentos, desde o verão, a nova plataforma Poupa Energia, que permitirá aos consumidores simularem e compararem mais de 200 tarifários de energia e mudarem de comercializador em dez minutos e com apenas alguns cliques, tem finalmente estreia marcada para hoje.

Mas apesar de na página principal do portal estar anunciado que o mesmo estaria disponível para consulta a partir das 14h de 14 de novembro, perto das 17h ainda não era possível ter acesso aos simuladores. De acordo com a Adene – Agência para a Energia, este atraso na entrada em funcionamento da plataforma está relacionada com uma questão de ordem técnica (dependente do fornecedor de internet): “Esta é uma situação que tem a ver com a propagação do nome do site, que pode fazer com que o portal possa não estar disponível ao mesmo tempo em todas as regiões. Contamos que o processo seja rapidamente concluído”, referiu fonte oficial, sublinhando: “Sabemos que o site já se encontra disponível em algumas regiões do país”. No entanto, não foram especificadas quais as regiões já com acesso ao Poupa Energia.

Criado para servir um universo de 6,1 milhões de consumidores de eletricidade e 1,5 milhões de consumidores de gás natural, o portal acessível através do endereço poupaenergia.pt está sob a gestão da Adene – Agência para a Energia e tem como objetivo aumentar em pelo menos 10% o atual número de mudanças de comercializador de eletricidade e gás natural em Portugal, neste momento estimado em cerca de 1,5 milhões por ano. Ou seja, em média, com esta ferramenta, estão previstas entre 100 e 150 mil mudanças adicionais de comercializador de energia por parte dos portugueses.

Até agora, o sinal verde para o lançamento do novo operador logístico de mudança de comercializador (OLMC) de eletricidade e gás natural dependia apenas do secretário de Estado da Energia, Jorge Seguro Sanches, que deu finalmente o sim para o projeto avançar, incluindo a entrada em funcionamento de uma linha telefónica de apoio. Do lado do governo mantém-se a expectativa de que a nova plataforma permita poupar 2,3 milhões de euros nas tarifas de luz e de gás.

“Temos uma situação de mercado desequilibrada e este portal vai contribuir para uma maior transparência. Com um prazo mínimo de 30 dias entre mudanças de comercializador, imaginamos que de três em três meses, quatro vezes por ano, os consumidores possam optar pela melhor tarifa”, explicou João Paulo Girbal, presidente da Adene, durante um encontro com jornalistas no qual foram demonstradas em tempo real as funcionalidades desta ferramenta que sofrerá atualizações a cada trimestre.

Até agora financiada a 100% com capitais próprios da Adene, que não revela o valor do investimento total no desenvolvimento do portal, a plataforma Poupa Energia não terá quaisquer custos para os consumidores. “Além da candidatura ao programa Compete 2020, iremos incluir nesta plataforma serviços de valor acrescentado de apoio aos comercializadores, que serão a fonte de rendimento deste portal”, explica João Paulo Girbal.

Já a componente de switching (mudança de comercializador), suportada de acordo com o modelo de remuneração da ERSE, dita que os proveitos que até agora eram para a EDP Distribuição e para a REN passam para a Adene. “Estaremos sujeitos a uma proposta de remuneração que terá de ser trabalhada pela ERSE e aprovada pela tutela, mas que será inferior aos valores atuais”, garantiu o presidente da Adene.

Numa primeira fase, que durará cerca de três meses, o Poupa Energia terá dois simuladores de tarifários para os consumidores domésticos (um simples e outro avançado), bem como uma lista de 200 tarifários disponíveis no mercado (mercado regulado e liberalizado), que dizem respeito a um total de 23 comercializadores.

Mediante a introdução do perfil aproximado de consumo ou dos dados da atual fatura de energia, os consumidores poderão simular e encontrar preços mais vantajosos, tendo ainda a possibilidade de, em apenas seis passos, aderir imediatamente (online) a um tarifário específico.

Decidida a mudança de operador e preenchidos os dados do cliente, o portal envia automaticamente a ficha pré-contratual para o novo comercializador, que depois entrará em contacto para formalizar contrato no prazo máximo de 48 horas.

Numa segunda fase, que a Adene prevê lançar em fevereiro de 2018, o Poupa Energia adicionará à sua oferta a possibilidade de autenticação via passwords do cartão de cidadão e, posteriormente, do Portal das Finanças, um novo simulador de tarifários para PME, relatórios personalizados sobre consumo de energia para consumidores registados no portal, envio de notificações e disponibilização de um webservice para comercializadores para automatizar formalização de contratos.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Francisco Pedro Balsemão, CEO do grupo Impresa. Foto: DR

Impresa.Reestruturação já atingiu 20 trabalhadores. E chegou ao Expresso

PCP

Subsídios por duodécimos no privado também acabam em 2018

Turistas no novo terminal de cruzeiros de Lisboa, Santa Apolónia. Fotografia: Gustavo Bom/Global Imagens

Instituto alemão prevê boom na construção em Portugal até 2020

Outros conteúdos GMG
Conteúdo Patrocinado
Conteúdo TUI
Comparar 200 tarifários de luz e gás está agora à distância de um clique