Turismo

Comporta. Arrancam as negociações após luz verde à proposta Amorim/Berda

O francês Claude Berda e Paula Amorim são os novos proprietários da Comporta. Fotografia: Arquivo/Global Imagens
O francês Claude Berda e Paula Amorim são os novos proprietários da Comporta. Fotografia: Arquivo/Global Imagens

A primeira reunião está marcada para quarta-feira e servirá para acertar a redação do contrato.

As negociações para a compra dos ativos imobiliários da Herdade da Comporta pelo consórcio Paula Amorim/Claude Berda iniciam-se esta quarta-feira, após a proposta (a única que se apresentou a concurso) ter recebido luz verde da Gesfimo, a entidade que gere o fundo que detém os terrenos para venda.

José Cardoso Botelho, representante de Claude Berda em Portugal, adiantou ao Dinheiro Vivo que a Deloitte, a quem a Gesfimo atribuiu a condução do processo, confirmou hoje que a proposta foi aceite e que agora se iniciará a negociação do contrato de compra e venda.

A primeira reunião está marcada para quarta-feira e servirá para acertar a redação do contrato. Segundo Cardoso Botelho, o contrato que a Deloitte fez chegar inicialmente ao consórcio foi alvo de algumas alterações por parte da equipa de Paula Amorim e Claude Berda, que não especificou. São esses pontos que estarão em negociação.

Para Cardoso Botelho, a Gesfimo deverá querer levar à próxima assembleia-geral do fundo, que se deverá realizar em outubro, mas ainda não tem data marcada, uma versão final do contrato de compra e venda da Herdade da Comporta.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Lisboa, 16/07/2019 - Decorreu hoje parte de uma reportagem sobre, empregos criados pelas empresas de partilha de veículos em Portugal..
Acompanhamos a recolha, carregamento e reparação das trotinetes partilhadas da Circ.

(Orlando Almeida / Global Imagens)

Partilha de veículos dá emprego a mais de 500 pessoas

Lisboa, 16/07/2019 - Decorreu hoje parte de uma reportagem sobre, empregos criados pelas empresas de partilha de veículos em Portugal..
Acompanhamos a recolha, carregamento e reparação das trotinetes partilhadas da Circ.

(Orlando Almeida / Global Imagens)

Partilha de veículos dá emprego a mais de 500 pessoas

António Mexia, CEO da EDP. Fotografia: REUTERS/Pedro Nunes

Saída de clientes da EDP já supera as entradas

Outros conteúdos GMG
Comporta. Arrancam as negociações após luz verde à proposta Amorim/Berda