Turismo

Comporta. Carlos Alexandre dá luz verde à venda

O francês Claude Berda e Paula Amorim são os novos proprietários da Comporta. Fotografia: Arquivo/Global Imagens
O francês Claude Berda e Paula Amorim são os novos proprietários da Comporta. Fotografia: Arquivo/Global Imagens

A venda da Comporta ao consórcio Claude Berda e Paula Amorim não levantou entraves judiciais

O Tribunal Central de Instrução Criminal não se opôs à venda dos ativos do fundo imobiliário Herdade da Comporta ao consórcio constituído por Claude Berda e Paula Amorim.

O juiz de instrução criminal Carlos Alexandre optou pela mesma decisão já tomada pelo Ministério Público, noticiou o jornal Expresso.

A Gesfimo, a entidade que gere o fundo imobiliário, teve conhecimento esta quinta-feira do despacho do tribunal, que confirma a aprovação à venda.

Claude Berda e Paula Amorim compraram os ativos da Herdade da Comporta por 158 milhões de euros.

A venda dos ativos imobiliários da Herdade da Comporta foi aprovada pelos participantes do fundo em assembleia realizada a 27 de novembro, com os votos da Rioforte e do Novo Banco.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa. JOÃO RELVAS/POOL/LUSA

Centros comerciais e Lojas do Cidadão em Lisboa encerrados até 04 de junho

O primeiro-ministro, António Costa
RODRIGO ANTUNES/POOL/LUSA

Governo quer fazer testes em massa a trabalhadores temporários na Grande Lisboa

Fotografia: D.R.

Teletrabalho continua obrigatório para grupos de risco e pais sem escola

Comporta. Carlos Alexandre dá luz verde à venda