Telecomunicações

Concorrência pode levar compra da TVI para investigação aprofundada

Patrick Drahi lidera grupo Altice. Fotografia: Filipe Amorim/Global Imagens
Patrick Drahi lidera grupo Altice. Fotografia: Filipe Amorim/Global Imagens

Regulador da concorrência já notificou a Altice do projeto de decisão. Grupo tem dez dias úteis para responder à notificação

A Autoridade da Concorrência poderá levar a operação de compra da Media Capital pela Altice para investigação aprofundada e já informou o grupo dono da PT desta possível decisão.

O grupo de Patrick Drahi já reagiu ao projeto de decisão da Concorrência. “A decisão preliminar da AdC em iniciar uma investigação aprofundada é comum em transações envolvendo laços comerciais significativos entre as partes, como no caso em apreço, mostrando, no nosso entender, transparência de procedimentos, como é sempre desejado pelo grupo Altice em todas as operações comerciais que esteve envolvida”, disse em comunicado enviado às redações.

“A Altice reitera a sua vontade e intenção de efetiva cooperação com a AdC (a única entidade competente para avaliar o impacto concorrencial da operação, como inclusive decorre da decisão de passagem a investigação aprofundada), mantendo-se totalmente confiante quanto à independência do processo, às vantagens e benefícios da transação e em relação a um desfecho final positivo que muito nos honrará, atento o investimento e empenho que temos tido na criação de valor em Portugal”, garante.

A compra da Media Capital, grupo dono da TVI e da Rádio Comercial, estava a ser avaliada pelo regulador desde outubro do ano passado, após a não decisão da ERC sobre a operação de mais de 440 milhões de euros. O negócio, que tem suscitado forte oposição dos concorrentes NOS, Vodafone, bem como de grupos de media como é o caso da Impresa, dona da SIC, e motivado um parecer negativo da Anacom, regulador das telecomunicações, pode agora ser levado para investigação aprofundada.

A AdC já informou a Altice desse projeto de decisão na semana passada, tendo agora o grupo dez dias úteis para responder ao regulador que depois irá decidir se o processo avança para investigação aprofundada.

(em atualização)

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
O ministro das Finanças, Mário Centeno MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Orçamento pode trazer novo alívio de 200 milhões de euros no IRS

Ponte 25 de Abril

Atrasos no concurso não comprometem arranque das obras na Ponte 25 de Abril

LEONARDO NEGRAO /Global Imagens

Grupo português investe 80 milhões na compra da Toys “R” Us Iberia

Outros conteúdos GMG
Concorrência pode levar compra da TVI para investigação aprofundada