energia solar

Consórcio português quer investir mil milhões no Alto Alentejo

Fotografia: D.R.
Fotografia: D.R.

Um consórcio português liderado pelas empresas Alpac Capital e Luz.On pretende investir mil milhões de euros num empreendimento solar de 1200 megawatts no distrito de Portalegre. A concretizar-se, esta será a maior central solar em toda a Europa.

A notícia é avançada este sábado pelo jornal Expresso, que dá conta da intenção dos promotores de avançar por fases, de modo a associar ao projeto, que produzirá energia suficiente para abastecer mais de meio milhão de famílias, “um conjunto diversificado de investidores, financiadores e compradores de energia”.

A Alpac Capital é uma empresa liderada por Pedro Vargas David, ex-quadro dos grupos Jerónimo Martins e Prebuild, enquanto a Luz.On é um projeto de Mário Baptista Coelho, que esteve ligado à construção da central fotovoltaica da Amareleja. Os mesmos empresários que, através da International Solar Development Corporation estão a desenvolver em Ourique, diz o Expresso, uma central fotovoltaica de cerca de 250 megawatts.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa (E), conversa com o ministro de Estado e das Finanças, Mário Centeno (D), durante o debate parlamentar de discussão na generalidade do Orçamento do Estado para 2020 (OE2020), esta tarde na Assembleia da República, em Lisboa, 09 de janeiro de 2020. MIGUEL A. LOPES/LUSA

Subida do PIB em 2019 chega aos 2,2% com revisão nas exportações de serviços

Foto - Leonardo Negrao

Deco: seguros de saúde não cobrem coronavírus, seguros de vida sim

Foto: D.R.

Easyjet. Ligações de Portugal com Itália não serão afetadas, por enquanto

Consórcio português quer investir mil milhões no Alto Alentejo