Automóvel

Construtor automóvel francês PSA inaugura quinta fábrica na China

Fotografia: DR
Fotografia: DR

O construtor automóvel francês PSA inaugurou hoje a quinta fábrica na China, em conjunto com o seu parceiro local, o grupo chinês Dongfeng.

O construtor automóvel francês PSA, que é dirigido pelo português Carlos Tavares e detém as marcas Peugeot e Citroën, inaugurou hoje a quinta fábrica na China, em conjunto com o seu parceiro local, o grupo chinês Dongfeng.

A nova unidade de produção, operada pela ‘joint-venture’ Dongfeng Peugeot Citroën Automobile (DPCA), vai fabricar veículos SUV, das marcas Peugeot, Citroën e da chinesa Fengshen.

Segundo a imprensa local, a fábrica, que terá uma capacidade de produção anual de 300.000 veículos, custou 7.900 milhões de yuan (cerca de 1.050 milhões de euros) e fica na cidade de Chengdu, região oeste da China.

A DPCA procura assim ampliar o seu catálogo de veículos, visando responder às crescentes exigências da emergente classe média chinesa, refere um comunicado difundido pela embaixada da França no país.

O fabricante francês levou a cabo, em 2014, um aumento de capital que elevou para três o número de acionistas de referência: a família Peugeot, o Estado francês e o grupo Dongfeng (os dois últimos com 14% das ações, cada um), visando combater as dificuldades financeiras.

A PSA tem outra empresa mista na China, com a fabricante local Changan, a Changan PSA Automobile (CAPSA).

As vendas de automóveis na China, o maior mercado do mundo do setor, aumentaram 4,7%, em 2015, para o novo valor recorde de 24,59 milhões de unidades.

Segundo a Associação de Fabricantes de Automóveis da China, as vendas deverão aumentar este ano seis por cento para 26 milhões de unidades.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Utentes à saída de um cacilheiro da Transtejo/Soflusa proveniente de Lisboa, em Cacilhas, Almada. MÁRIO CRUZ/LUSA

Salário médio nas empresas em lay-off simplificado caiu 2%

Ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho. Fotografia: António Cotrim/Lusa

Empresas já podem candidatar-se ao novo lay-off

App TikTok

Microsoft estará interessada na compra da operação global do TikTok

Construtor automóvel francês PSA inaugura quinta fábrica na China