Correios estende até 15 de março entregas gratuitas para lojistas de CTT Comércio Local

Mais de uma centena de produtores locais disponibilizam os seus produtos na aplicação dos CTT.

Os Correios estenderam até 15 de março entregas gratuitas a mais de uma centena de produtores locais com lojas digitais no serviço CTT Comércio Local. O serviço permite aos comerciantes e pequenos produtores locais vender produtos regionais, com entregas no dia seguinte em Portugal Continental. Em meados de fevereiro, os CTT tinham anunciado oferta de portes de envio durante o período do confinamento, até ao dia 1 de março, para as compras efetuadas no serviço CTT Comércio Local.

"Existem já mais de uma centena de produtores locais que disponibilizam os seus produtos na aplicação dos CTT, nomeadamente dos Municípios das Caldas da Rainha, Espinho, Penafiel, Vila Real, Viseu, Arouca, Fundão, Braga, assim como a Associação Empresarial de Felgueiras e a Associação Comercial e Industrial de São João da Madeira", informa os CTT.

Lançado em junho de 2020, em parceria com a portuguesa LocalShop, o serviço CTT Comércio Local permite que os produtores locais e pequenos comerciantes passem a ter uma plataforma eletrónica (neste caso uma aplicação) para venda dos seus produtos, com as entregas em casa a serem asseguradas pelos CTT. O serviço complementa a oferta digital dos CTT na área do ecommerce, onde já tem soluções como Criar Lojas Online, Feiras e Showrooms Digitais e o Cartão Escolar Pré-Pago para Municípios.

A solução CTT Comércio Local é "fornecida às autarquias e associações empresariais, que por sua vez a disponibilizam aos comerciantes e produtores locais, que passam a ter os produtos das suas lojas disponíveis nesta aplicação", informa o operador postal.

Através do telemóvel, e "tendo em conta a sua localização, o consumidor pode ver que comerciantes e produtores estão presentes na aplicação, entrar em cada uma das lojas, efetuar as compras e pagar através de MB Way, cartão de crédito ou cartão de débito e receber comodamente as compras em sua casa", refere os CTT.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de