Automóvel

Costa: “Portugal subiu um patamar na indústria automóvel”

Fotografia:  EPA/JULIEN WARNAND
Fotografia: EPA/JULIEN WARNAND

Primeiro-ministro assinala que Portugal já não pode liderar apenas na indústria de peças e de moldes para a indústria automóvel

António Costa congratulou a Mercedes pela escolha de Portugal para a abertura do primeiro centro mundial de competências a nível digital. O primeiro-ministro destacou que o país, com esta escolha, melhorou a sua posição na indústria automóvel.

“Subimos um patamar na cadeia de valor na indústria automóvel à escala global”, referiu António Costa esta terça-feira no final da apresentação à imprensa do primeiro centro mundial de competências a nível digital, na zona de Santos, em Lisboa.

Neste âmbito, o líder do executivo lembrou que a um país como Portugal já não basta liderar a indústria automóvel, em aspetos como o fabrico de moldes e de peças. O país necessita, por isso, de apostar na indústria digital. “Temos de ser os melhores nos moldes, mas também os melhores a dar suporte a esta nova atividade da indústria automóvel, a prestação de serviços digitais.”

O primeiro-ministro assinalou que esta apresentação está a ser feita esta terça-feira, 9 de maio, no Dia da Europa. “Era difícil encontrar melhor forma de celebrar o dia da Europa com o anúncio da instalação deste centro. Traduz a União Europeia como esforço conjunto de 28 países para progredirem na inovação, avançar no mercado interno e competir num mundo global”, destacou o chefe de Governo.

António Costa destacou ainda que Portugal tem de continuar a dar prioridade à ciência e à formação de engenheiros, um percurso que começou há 20 anos e que permite que 6,6% da população ativa esteja dedicada a estas áreas, “umas décimas” abaixo da média da União Europeia, de 7%.

(Notícia atualizada às 13h10 com mais informação)

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje

Página inicial

Página inicial

Paulo Macedo presidente executivo da Caixa Geral de Depósitos
(Orlando Almeida / Global Imagens)

Centeno dá bónus de 655.297 euros à administração da CGD

Outros conteúdos GMG
Costa: “Portugal subiu um patamar na indústria automóvel”