transportes

CP apresentou plano para comprar 22 comboios. Só começam a chegar em 2023

Carlos Gomes Nogueira, presidente da CP. Fotografia: Tony Dias/Global Imagens
Carlos Gomes Nogueira, presidente da CP. Fotografia: Tony Dias/Global Imagens

Plano para aquisição de material circulante custa 170 milhões de euros. Novos comboios servirão apenas para serviço regional.

A CP apresentou ao Governo um plano para a compra de 22 novos comboios, no valor total de 170 milhões de euros. O plano foi anunciado esta terça-feira no Parlamento pelo presidente da empresa pública de comboios, Carlos Gomes Nogueira. Estes comboios servirão, em exclusivo, para o serviço regional. A primeira unidade chegará em 2023.

Mas nem todos os comboios serão iguais: chegarão 12 unidades híbridas, que podem funcionar nas linhas eletrificadas e não-eletrificadas, e 10 unidades elétricas, que servem apenas para as linhas eletrificadas, detalhou o presidente da empresa pública de comboios.

Este anúncio mostra que houve uma forte redução do programa de compra de material circulante para a CP. No mandato do anterior presidente da empresa, Manuel Queiró, tinha sido apresentada uma proposta para compra de 35 comboios, para serviço regional e de longo curso; no início deste ano, já se falava apenas em apenas 28 comboios, segundo o jornal Público. Agora, serão apenas adquiridos 22 comboios.

Carlos Gomes Nogueira adiantou ainda que a empresa está em diálogo com as maiores fabricantes de comboios da Europa, como Siemens e Stadler para assegurar a chegada destas unidades a partir de 2023. “Como os fabricantes estão com grandes carteiras de encomendas, a compra de 22 unidades é uma pequeníssima série a nível europeu.”

(Notícia atualizada às 16h00 com mais informação)

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
O governador do Banco de Portugal, Carlos Costa. (Fotografia: Mário Cruz/ Lusa)

Carlos Costa: “Não participei nos 25 grandes créditos que geraram perdas” à CGD

Pedro Granadeiro / Global Imagens

Reclamações. Anacom acusa CTT de divulgar informação enganosa

Paulo Macedo, presidente da CGD

CGD cumpre “com margem significativa” requisitos de capital do BCE

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
CP apresentou plano para comprar 22 comboios. Só começam a chegar em 2023