Tecnologia

Criador de lojas online do Porto compra concorrente da Colômbia

24. Operador de comércio eletrónico

Jumpseller, fundada por Tiago Matos e Filipe Gonçalves em 2010, reforça aposta na América Latina com aquisição da Handy Commerce.

Nascida em 2010 no Porto, a Jumpseller é uma plataforma que permite às pequenas empresas criarem uma loja online e chegarem rapidamente a todo o mundo. Apesar de manter as raízes na cidade do Porto, esta tecnológica tem baseado o seu crescimento na América Latina, sobretudo no Chile. Agora, a Jumpseller atirou-se ao mercado colombiano, depois da compra da Handy Commerce.

“Graças à boa recetividade que temos tido dos nossos clientes colombianos e sabendo que existe uma crescente procura por serviços de qualidade, decidimos apostar na Colômbia e trabalhar para ser uma plataforma de referência no país”, destaca Tiago Matos, um dos fundadores da Jumpseller, citando em nota de imprensa divulgada na quinta-feira.

A Jumpseller pretende apoiar os empreendedores e empresários colombianos e dar-lhes uma solução integrada com sistemas de pagamento locais naquele mercado. Isso será visível sobretudo até ao final de 2020, com a duplicação da equipa de suporte e de marketing.

A empresa do Porto, depois desta aquisição, passará a ter escritórios em Portugal, Chile e Colômbia. Tiago Matos e Filipe Gonçalves, explicaram uma vez em entrevista que o financiamento da empresa ter sido feito através de meios próprios, conhecimento no mundo das startups como bootstrapping.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa (E) e o Ministro das Finanças, Mário Centeno (D) no debate na generalidade do OE2020 (Foto: PATRICIA DE MELO MOREIRA / AFP).

Finanças confirmam encaixe de 30 milhões com aumentos da função pública

Lisboa, 01/10/2013 - Decorreu esta tarde na Fundação Champallimaud a Assembleia Geral da Zon Optimus 
Isabel dos Santos, accionista da Zon Optimus e Mário Silva, Zopt
(Diana Quintela/Global Imagens)

Administradores da NOS envolvidos no Luanda Leaks renunciam

Tchizé dos Santos,filha do ex-presidente da República angolano. (JOÃO RELVAS/LUSA)

Irmã de Isabel dos Santos desafia empresária a devolver 75 milhões a Angola

Criador de lojas online do Porto compra concorrente da Colômbia