CTT abre rede a venda de produtos de startups. Candidaturas já arrancaram

Operador vai permitir que startups nacionais possam vender serviços e produtos na rede de mais 600 lojas.

Os CTT lançaram um projeto de apoio a startups que podem vir a integrar a sua oferta na rede de lojas do operador postal a partir do próximo ano. As candidaturas para o Future Opens decorrem até 20 de novembro.

O projeto, uma iniciativa que partiu da equipa da rede de lojas, procura apoiar "os empresários e empreendedores que pretendem expandir a sua rede de contactos e clientes para expandir a sua rede de atuação", mas também "encontrar projetos que valorizem o nosso negócio", afirma Miguel Salema Garção, diretor de comunicação e marca dos CTT, em declarações ao Dinheiro Vivo. Os CTT têm uma rede de 619 lojas próprias, onde faz, além da oferta de serviços postais, venda de produtos e serviços como pagamentos de serviços de energia.

"Não estamos neste projeto pela quantidade, mas sim pela qualidade", diz Miguel Salema, quando questionado sobre as expectativas ao nível das candidaturas e se existia uma meta de angariação de projetos. O modelo de negócio a estabelecer com as startups também não é fechado. "Será adequado às características do negócio e do empreendedor. Não é um modelo fechado", frisa.

 

O operador postal procura empresas ou pessoas singulares com menos de três anos de atividade, sem limite de idade (mínimo de 18 anos), que possuam oferta numa de três categorias: Retalho (produtos de retalho sustentável, de consumo e de tecnologia); Serviços (tecnológicos e de consumo) e Outros.

Saiba mais aqui

"Os candidatos podem apresentar-se conjuntamente com pessoas singulares ou coletivas, desde que não exista qualquer modalidade jurídica de associação", ressalva os CTT. O candidato pode candidatar-se a mais do que uma categoria.

Saiba como fazer a sua candidatura aqui e neste formulário pode fazer a sua candidatura

Os interessados devem apresentar a suas candidaturas online até 20 de novembro, sendo uma pré-seleção de candidatos conhecida até ao final do ano. Os candidatos finalistas irão depois fazer um pitch a um júri constituído por diversos profissionais dos CTT. Os vencedores poderão depois comercializar os seus produtos ou serviços na rede de lojas dos CTT, bem como nos seus canais de venda online.

 

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de