Bolsa

CTT dão prejuízo aos acionistas apesar dos dividendos

Foto: Gerardo Santos / Global Imagens
Foto: Gerardo Santos / Global Imagens

Ações da empresa desvalorizaram quase 43% desde a operação pública de venda (OPV) há quatro anos.

Os dividendos atribuídos pelos CTT não são suficientes para compensar a queda das ações em bolsa quatro anos depois da operação pública de venda (OPV) da empresa, segundo o Negócios.

Quando se estrearam na bolsa lisboeta cada ação dos CTT estava avaliada em 5,52 euros, tendo quase duplicado em abril de 2015. Mas com os sucessivos mínimos históricos nos últimos meses, as ações caíram para 3,17 euros esta segunda-feira, o que representa uma desvalorização de quase 43% em relação ao preço de venda na OPV.

De acordo com as contas do jornal, nem os dividendos compensam a desvalorização das ações, já que contabilizando os 1,815 euros distribuídos pelos acionistas nos últimos anos, a menos-valia potencial desce para cerca de 10%.

“O balanço para os acionistas – e para a empresa – só pode ser negativo”, resume Paulo Rosa, trader sénio do Banco Carregosa, citado pelo Negócios.

O jornal refere ainda que a sustentabilidade do dividendo tem sido um dos principais fatores de pressão. A revisão em baixa do dividendo em 10 cêntimos e a descida das estimativas de resultados por parte da gestão da empresa acentuaram uma onde cortes de avaliações por parte dos analistas do mercado, com os títulos a fixarem mínimos históricos sucessivos nos últimos meses.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
A presidente do Conselho das Finanças Públicas, Teodora Cardoso. TIAGO PETINGA/LUSA

Teodora Cardoso alerta para controlo da despesa na saúde

No segundo trimestre deste ano, o aeroporto de Lisboa movimentou 7,7 milhões de passageiros.

Aeroporto de Lisboa recebe mais de 7 milhões de turistas no segundo trimestre

António Ramalho (Novo Banco), Luís Pereira Coutinho (Banco Postal), Nuno Amado (BCP) e António Vieira Monteiro (Santander Totta). Fotografia: TIAGO PETINGA/LUSA

Transferências bancárias imediatas sim, mas com custos

Outros conteúdos GMG
CTT dão prejuízo aos acionistas apesar dos dividendos