CTT e Zongteng com pareceria para gerir rede de cacifos e investem 8 milhões

Os CTT e o Zongteng Group celebraram uma parceria para a gestão de uma rede de cacifos para receber encomendas em Portugal e Espanha, um negócio com oito milhões de euros de investimento conjunto, foi hoje comunicado ao mercado.

"Os CTT -- Correios de Portugal informam que celebraram nesta data com a YunExpress, a unidade de negócios de logística da empresa chinesa Zongteg Group, um acordo de parceria para a criação de uma 'joint venture' que visa gerir o negócio de uma rede de cacifos para receber encomendas em Portugal e Espanha", aberta a qualquer operador, lê-se no comunicado remetido à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

No total, as duas empresas vão investir cerca de oito milhões de euros no prazo de três anos.

Os CTT terão uma participação maioritária de 66% na nova empresa, enquanto a YunExpress ficará com os restantes 34%.

De acordo com o mesmo comunicado, os Correios querem instalar 1.000 cacifos até ao final de 2022, que se vão juntar à sua rede de mais de 2.000 postos de entrega.

"A rede de cacifos será ainda suportada por um grupo de diferentes fornecedores nacionais, desde a metalomecânica ao 'software', o que permitirá uma maior autonomia e agilidade tecnológica", acrescentaram.

Na sessão desta segunda-feira da bolsa, as ações dos CTT subiram 1,45% para 4,18 euros.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de