CTT entrega 3,5 milhões de encomendas num mês

Black Friday e Natal mais digital de sempre fizeram disparar entrega de encomendas no período. Só os CTT e a DPD Portugal entregaram em conjunto 5,8 milhões de encomendas.

Os CTT entregaram 3,5 milhões de encomendas num mês, durante a peak season. O valor representa um "aumento significativo", diz o operador postal sem precisar um valor. Só no dia 21 foram tratados cerca de 270 mil envios, "o dia mais alto de sempre".

"Estes resultados reforçam a liderança dos CTT no mercado de expresso e representam registos recorde na entrega de encomendas nesta altura do ano", refere o operador postal sobre os números alcançados entre a Black Friday, que se celebrou a 27 de novembro, e a véspera de Natal, a 24 de dezembro.

Para este período de pico, os CTT aumentaram o número de "centros de triagem de encomendas, funcionando, genericamente, 24h por dia, 7 dias por semana, nos principais centros, adicionaram novos hubs, para além de terem alargado as entregas aos fins-de-semana e feriados em dezembro. Até ao natal os CTT anteciparam também as recolhas aos fins-de-semana, para fazer face ao aumento do tráfego."

Respondendo ao forte crescimento no tráfego ibérico de encomendas, os CTT avançaram também com diversos investimentos em Portugal e em Espanha. "O investimento mais expressivo foi realizado pela CTT Express, filial espanhola dos CTT para o expresso de encomendas, com a instalação em Madrid de uma nova máquina de tratamento de encomendas, aumentando a capacidade de resposta às novas exigências da procura. Este investimento foi inaugurado em novembro, a tempo de responder às necessidades deste período de elevada procura", descreve o operador.

A nova máquina, parte de um programa de investimento de 12 milhões de euros, em dois anos, em implementação em Espanha, permite classificar mais pacotes em menor tempo, reforçando a eficiência da operação. A CTT Express também dotou as instalações com novos sistemas de automatização, com software de inteligência artificial para otimizar a operação.

O operador não foi o único a registar picos de transporte de encomendas na Black Friday e Natal mais digital de sempre. A DPD Portugal transportou no mesmo período mais de 2,3 milhões de encomendas, uma subida de 26%. O maior pico foi atingido a 2 de dezembro: mais de 200 mil encomendas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de