correios

CTT. Enviar cartas e encomendas vai ser mais caro a partir de junho

imagem_abertura_ctt_ecommerce_artigo_06

Atualização corresponde a uma variação média anual dos preços de 1,76%, informa os Correios em comunicado.

Os CTT anunciaram hoje o aumento dos preços a partir de 01 de junho, o que corresponde a uma variação média anual de 1,4% do preço do cabaz de serviços de correspondências, correio editorial e encomendas.

Em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), os Correios de Portugal “informam sobre a atualização dos seus preços a partir de 01 de junho próximo. Esta atualização corresponderá a uma variação média anual do preço do cabaz de serviços de correspondências, correio editorial e encomendas de 1,41%”.

Referem ainda que, “enquadrada na política tarifária da empresa para o ano 2020, a presente atualização corresponde a uma variação média anual dos preços de 1,76%, refletindo também o efeito da atualização dos preços dos serviços reservados (serviços de citações e notificações postais) e do correio em quantidade”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O ministro de Estado e das Finanças, João Leão, acompanhado pela ministra de Estado e da Presidência, Mariana Vieira da Silva, momentos antes de falar aos jornalistas no final da reunião do Conselho de Ministros, no Palácio Nacional da Ajuda, em Lisboa, 3 de setembro de 2020. MÁRIO CRUZ/POOL/LUSA

Défice público chega a 6,1 mil milhões em agosto, mas suaviza face a julho

Fotografia: Paulo Jorge Magalhães/Global Imagens

Sinistros automóveis sem seguro custaram 4,7 milhões

Bosch testes rápidos

DGS aprova testes rápidos à covid da Bosch. Primeiro evento é a Volta a Portugal

CTT. Enviar cartas e encomendas vai ser mais caro a partir de junho