correios

CTT. Enviar cartas e encomendas vai ser mais caro a partir de junho

imagem_abertura_ctt_ecommerce_artigo_06

Atualização corresponde a uma variação média anual dos preços de 1,76%, informa os Correios em comunicado.

Os CTT anunciaram hoje o aumento dos preços a partir de 01 de junho, o que corresponde a uma variação média anual de 1,4% do preço do cabaz de serviços de correspondências, correio editorial e encomendas.

Em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), os Correios de Portugal “informam sobre a atualização dos seus preços a partir de 01 de junho próximo. Esta atualização corresponderá a uma variação média anual do preço do cabaz de serviços de correspondências, correio editorial e encomendas de 1,41%”.

Referem ainda que, “enquadrada na política tarifária da empresa para o ano 2020, a presente atualização corresponde a uma variação média anual dos preços de 1,76%, refletindo também o efeito da atualização dos preços dos serviços reservados (serviços de citações e notificações postais) e do correio em quantidade”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Nazaré Costa Cabral, presidente do Conselho de Finanças Públicas. (João Silva / Global Imagens)

Cenário severo em 2020. Défice nos 9%, dívida em 142%, desemprego nos 13%

O primeiro-ministro, António Costa. Fotografia: António Cotrim/Lusa

Apoios à TAP formalizados “em breve” depois de consultas com Bruxelas

Foto: Fábio Poço/Global Imagens)

Costa promete linha para converter AL em arrendamento para jovens

CTT. Enviar cartas e encomendas vai ser mais caro a partir de junho