correios

CTT reabre a estação de Melgaço. É a terceira das 33 encerradas

Pedro Granadeiro / Global Imagens
Pedro Granadeiro / Global Imagens

Vila Flor e Alpiarça foram duas das estações encerradas já reabertas. Não há cronograma fechado para as restantes reaberturas.

Os CTT vão reabrir a estação de Melgaço, no distrito de Viana do Castelo, no próximo dia 3 de fevereiro. É a terceira estação a reabrir das 33 lojas próprias encerradas em sede de concelho.

A Loja CTT de Melgaço irá reabrir no mesmo local onde funcionava anteriormente, na Rua Dr. Afonso Costa, nº 90, e estará aberta nos dias úteis das 09h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30, informam os Correios.

“Os CTT informam que não existe um cronograma definido para a reabertura de lojas CTT, dado que é necessária uma análise detalhada a todas as variáveis envolvidas para que se efetue a reabertura. Desde logo, o espaço, os recursos humanos envolvidos, a relação existente com os parceiros e autarquias e as oportunidades em cada uma das localidades.”

No final do ano, o CEO dos CTT, João Bento, anunciou a intenção de “reabrir seis a oito lojas em outras tantas sedes de concelho no primeiro trimestre de 2020”.

Vila Flor e Alpiarça foram duas das estações já reabertas pelo operador postal, de um total de 33 localizadas em sede de concelho.

Os encerramentos motivaram um alerta do regulador, Anacom, que alertou para o potencial fecho de 15 novas estações CTT caso a companhia mantivesse o plano de reestruturação.

O fecho das estações levou mesmo o Governo a afirmar que esse seria um tema a ser negociado no futuro contrato de concessão, de modo a garantir que cada sede de concelho fosse servido por uma estação CTT e não apenas por um posto público, assegurado por parceiros, algo possível no âmbito do atual contrato de concessão. O mesmo termina no final do ano e espera-se o início das negociações entre o Governo e o operador postal.

Em julho, no Parlamento, o recém-nomeado CEO dos CTT, João Bento, anunciou que a companhia iria por fim ao fecho de lojas próprias e promover a reabertura das encerradas. A empresa também suspendeu o encerramento das estações objeto de providência cautelar.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
A ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho. ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA

1400 empresas já pediram para aderir ao novo lay-off, apoios só a 28 de abril

Antonoaldo Neves, presidente executivo da TAP. Fotografia: Adelino Meireles/Global Imagens

TAP também vai avançar com pedido de layoff

Veículos da GNR durante uma operação stop de sensibilização para o cumprimento do dever geral de isolamento, na Autoestrada A1 nas portagens dos Carvalhos/Grijó no sentido Sul/Norte, Vila Nova de Gaia, 29 de março de 2020. MANUEL FERNANDO ARAÚJO/LUSA

Mais de 80 detidos e 1565 estabelecimentos fechados

CTT reabre a estação de Melgaço. É a terceira das 33 encerradas