correios

CTT reagem à Anacom e garantem estar a cumprir com contrato de concessão

Especulação com ações dos CTT cai para metade
Francisco Lacerda, Presidente executivo dos CTT. (Orlando Almeida / Global Imagens)

Operador postal já reagiu à Anacom que pretende que os postos de correios cumpram os mesmos requisitos de serviço que as estações

Os CTT já reagiram à Anacom e garantem estar a cumprir com o contrato de concessão do serviço postal universal. O regulador revelou esta quinta-feira que é “expectável” que este ano o número de concelhos sem uma estação CTT deverá subir para 48, mais 15 do que no ano passado.

“Os CTT reafirmam que estão presentes em todos os concelhos do País. Os CTT mantêm pelo menos um Ponto CTT (Loja ou posto de correio) em todos os concelhos do País, Pontos CTT esses onde são prestados todos os serviços previstos no Contrato de Concessão, incluindo a entrega de objetos avisados, e ainda o pagamento de vales de prestações sociais e de faturas, muitas vezes em horários alargados e com conveniência adicional para as populações”, refere os CTT em nota enviada às redações. “É, aliás, de referir que o documento hoje publicado pela Anacom não contraria esta conclusão”, reforçam.

“Os CTT dispunham a 31/12/18 de 2.383 Pontos CTT em todo o País, o que representa um aumento de 66 desde a privatização em finais de 2013”, referem ainda.

O operador postal, que tem em marcha um projeto de reestruturação, garante que está a cumprir com o contrato de concessão do serviço universal postal, que termina a 2020.

“A nível de objetivos de densidade da rede postal, os CTT consideram que cumprem todas as obrigações legais e contratuais a que estão vinculados”, garantem.

“Os CTT estão contratualmente obrigados a disponibilizar, em cada concelho do País todos os serviços concessionados através de pelo menos um estabelecimento postal, seja uma Loja CTT ou um Posto de Correios, o que se verifica em cada um de todos os 308 concelhos do nosso país, estando os parceiros habilitados a prestar todas as obrigações definidas no âmbito do contrato e cumprindo os requisitos essenciais na prestação desses serviços.”

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Estação_Santa_Apolónia (800x600)

Sonae Capital investe 12 milhões para construir hotel em Santa Apolónia

Fotografia: D.R.

FMI baixa previsão de crescimento para economia mundial em 2019 e 2020

Mário Centeno, ministro das Finanças e presidente do Eurogrupo. EPA/JULIEN WARNAND

Centeno: “Decisores políticos devem pensar o que levou a abrandamento”

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
CTT reagem à Anacom e garantem estar a cumprir com contrato de concessão