Coronavírus

CTT recuam e não vão propor a distribuição de dividendos relativos a 2019

(Miguel Pereira/Global Imagens)
(Miguel Pereira/Global Imagens)

A empresa liderada por João Bento não vai propor o pagamento de dividendos devido " pouco clara noção da gravidade da crise" provocada pela pandemia.

O Conselho de Administração dos CTT – Correios de Portugal, SA informou hoje que já não vai propor à Assembleia Geral de Acionistas a distribuição de dividendos relativos ao exercício de 2019, como previsto, segundo uma comunicação da empresa à CMVM.

“Dada a incerteza económica e a ainda pouca clara noção sobre a gravidade da crise da covid-19, e apesar da sólida posição do Balanço de que a empresa dispõe atualmente, o Conselho de Administração considerou relevante, tanto para a empresa como para os seus stokeholders, reverter a sua intenção de propor à Assembleia Geral de Acionistas um dividendo de 0,11 por ação, anteriormente divulgada ao mercado”, é referido na nota.

É também adiantado que o Conselho de Administração vai propor à Assembleia Geral anual que “o resultado líquido de 2019 seja destinado a integrar Resultados Transitados e, adicionalmente, que não seja alocada parte dos lucros do exercício aos trabalhadores e administradores executivos dos CTT”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Céu cinzento de Londres. Fotografia: D.R.

Portugal fora do corredor turístico britânico. Madeira e Açores entram

O ministro de Estado e das Finanças, João Leão, acompanhado pelo ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos (Foto: Mário Cruz/Lusa)

Recuperar poder de decisão na TAP obriga Estado a pagar mais

O presidente do conselho de administração da TAP, Miguel Frasquilho. (Reinaldo Rodrigues/Global Imagens)

Frasquilho: Reestruturação da TAP “não vai ser isento de dor”

CTT recuam e não vão propor a distribuição de dividendos relativos a 2019