airbnb

Depois do sucesso no alojamento, Airbnb quer ser operador turístico

Plataforma está disponível em 191 países
Plataforma está disponível em 191 países

Plataforma prepara novo modelo de negócio que deverá incluir reserva de hotéis, restaurantes ou espetáculos

Depois de revolucionar o mercado do alojamento temporário como nunca ninguém pensou, o Airbnb prepara-se para entrar num novo negócio: quer ser uma espécie de concierge hoteleiro dos seus hóspedes, um operador turístico online, que ajude na organização das viagens dos seus utilizadores.

Leia mais: Conheça a vista surreal do novo apartamento Airbnb

O novo serviço está a ser desenvolvido sob algum secretismo mas deverá chegar ainda este ano, talvez em novembro na sua conferência anual, segundo a Bloomberg. Tudo indica que o novo negócio do Airbnb venha a ser um desenvolvimento do Airbnb Trips, uma app que chegou a estar momentaneamente disponível – talvez por engano – no Google Play e que acabaria por ser retirada sem quaisquer explicações.

A Bloomberg cita fonte conhecedora do processo para dizer que o nome e as próprias funcionalidades da aplicação ainda não estão fechadas e que podem mudar.

A ideia é lançar um intermediário de serviços turísticos a la carte, que permita a marcação de visitas guiadas ou restaurantes; a compra de bilhetes para espetáculos ou serviços especializados e ainda a indicação de espaços com atividades momentâneas, como happy hours.

O Airbnb já vale cerca de 27 mil milhões de euros e os especialistas admitem que a expansão para um modelo multifuncional deverá valorizar ainda mais a plataforma, afastando-a das concorrentes HomeAway ou VRBO, bem como dos demais sites de reserva de serviços.

No ano passado, o serviço foi intermediário de 80 milhões de noites em alojamentos turísticos, o dobro do que tinha sido atingido em 2014. Está disponível em 191 países.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Ilustração: Vítor Higgs

Indústria têxtil em força na principal feira de Saúde na Alemanha

O Ministro das Finanças, João Leão. EPA/MANUEL DE ALMEIDA

Nova dívida da pandemia custa metade da média em 2019

spacex-lanca-com-sucesso-e-pela-primeira-vez-a-nave-crew-dragon-para-a-nasa

SpaceX lança 57 satélites para criar rede mundial de Internet de alta velocidade

Depois do sucesso no alojamento, Airbnb quer ser operador turístico