DieselGate

Dieselgate. Alemanha passa multa de 535 milhões à Porsche

low_993_turbo_the_reveal_classic_project_gold_2018_porsche_ag-4-1-6028cf69c302069efd1610d2b8574187902a96e1

A multa imposta à Porsche é a terceira que o grupo Volkswagen enfrenta em menos de um ano.

O grupo Volkswagen, o maior fabricante de automóveis do mundo, terá de pagar uma pesada fatura de 535 milhões de euros, na sequência do escândalo da manipulação da emissão de gases tóxicos dos seus motores a diesel.

Esta terça-feira, o Ministério Público de Estugarda (Alemanha) multou a Porsche em 535 milhões de euros, indica o El País. A sanção foi aplicada depois de a entidade ter descoberto que a empresa não tinha cumprido as obrigações sobre as emissões dos veículos a partir de 2009. De acordo com o Ministério Público, tratam-se de 99 mil carros a diesel da Porsche equipados com motores Audi.

Um porta-voz da marca de automóveis desportivos explicou que a empresa teve de retirar de circulação na Europa cerca de 75 mil carros dos modelos Cayenne e Macan com motores de seis cilindros. O diretor executivo da Porsche já tinha anunciado a uma publicação alemã a sua intenção de abandonar a produção de carros a gasóleo este outono.

A multa imposta à Porsche é a terceira que o grupo Volkswagen enfrenta em menos de um ano. No outono do ano passado, Brunsvique multou a marca em mil milhões de euros e pouco depois as autoridades de Munique multaram a Audi em 800 milhões.

A Porsche já afirmou que não vai recorrer da sanção, medida que não coloca um fim aos problemas legais da marca. A justiça alemã está a investigar vários executivos da empresa desde julho de 2017.

O resto do grupo não está livre de suspeitas, indica o diário espanhol. O Ministério Público de Brunsvique já abriu investigações sobre fraude, manipulação do preço das ações e publicidade enganosa.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa (D), agraciou o empresário, Alexandre Soares dos Santos (E), com a Ordem de Grã-Cruz de Mérito Empresarial, no Palácio de Belém, em Lisboa, 20 de abril de 2017. 

Fotografia: PAULO NOVAIS/LUSA

Morreu Alexandre Soares dos Santos, o senhor Jerónimo Martins (1934 – 2019)

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa (D), agraciou o empresário, Alexandre Soares dos Santos (E), com a Ordem de Grã-Cruz de Mérito Empresarial, no Palácio de Belém, em Lisboa, 20 de abril de 2017. 

Fotografia: PAULO NOVAIS/LUSA

Marcelo condecora Soares dos Santos: empresário de “responsabilidade social”

ng3091740

O dono do Pingo Doce sobre o Estado, a crise e a Europa

Outros conteúdos GMG
Dieselgate. Alemanha passa multa de 535 milhões à Porsche