retalho

Dr. Well’s. Sonae entra no negócio das clínicas de saúde

Torres do Colombo

Em 2017, Sonae quer ter cinco lojas. Depois de Lisboa, Porto vai receber a próxima Dr. Well's.

A Sonae está a entrar no negócio das clínicas de saúde e vai abrir o primeiro espaço no Centro Comercial Colombo, em Lisboa. As clínicas Dr. Well’s vão prestar serviços médicos na área da medicina dentária e estética, apurou o Dinheiro Vivo. Com esta aposta o grupo quer uma fatia de um negócio que vale mais mais de 600 milhões de euros em Portugal.

O grupo de Paulo Azevedo reforça assim o seu posicionamento na área de saúde e bem-estar, onde já marcava presença através da cadeia de parafarmácias Well’s. A intenção da Sonae em avançar para clínicas foi conhecida em outubro do ano passado quando o grupo anunciou o plano de saúde Well’s, em parceria com a Advance Care, tal como noticiou o Dinheiro Vivo. A primeira clínica nasce menos de um ano depois no Colombo.

A marca criada pela agência de branding Ivity, de Carlos Coelho, remete no seu nome para a cadeia Well’s, mas a opção gráfica no logótipo visa marcar a distinção entre as duas cadeias que oferecem serviços distintos, tendo inclusive a Sonae criado a MC Care, unidade de negócio detida a 100% pelo grupo, para acolher esta nova atividade.

A Dr. Well’s foca-se na prestação de serviços de medicina, focando-se na medicina dentária e na de estética, com serviços como cirurgias plásticas ou colocação de implantes, prestados por médicos e enfermeiros. Nesse sentido, esta nova aposta do grupo Sonae, distingue-se da oferta do seu concorrente Jerónimo Martins. Em 2012, os mesmos acionistas do Pingo Doce avançaram com as clínicas Walk’ In, mas a oferta de serviço dos atuais seis espaços, na sua maioria na Grande Lisboa, tem uma oferta de serviços de especialidade distinta: da medicina geral a consultas de neurocirurgia.

Ao que foi possível apurar, o plano é expandir a rede de clínicas ao país, embora o foco inicial seja a grande Lisboa e grande Porto, podendo as clínicas se localizar tanto em centros comerciais, como espaços de rua de elevado tráfego.

Depois de Lisboa, o Porto é a cidade que se segue em termos de aberturas. Até ao final do ano, o grupo quer ter cinco clínicas e depois tem um cronograma de aberturas de 10 espaços por ano. Em oito anos, quer ter 75 clínicas, posicionando-se com um player relevante na área da chamada saúde melhorativa, dirigida a um segmento preocupado com as questões do envelhecimento.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Fotografia: Tiago Melo

Crédito chega às famílias mas nunca foi tão baixo para as empresas

Francisco de Lacerda, CEO dos CTT

Especuladores têm aposta de 35 milhões na queda das ações dos CTT

Foto: DR

Luta pelos cargos de topo do BCE aquece. Espanha favorita no primeiro round

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Dr. Well’s. Sonae entra no negócio das clínicas de saúde