Dona da Sagres compra distribuidora Sodicel

Sagres reforça distribuição
Sagres reforça distribuição

A Sociedade Central de Cervejas anunciou a compra da distribuidora de bebidas Sodicel.

A compra, cujo valor de aquisição não foi revelado, será feito pela NSDU, sociedade do grupo dono da Sagres, que irá assumir 100% do capital da Sodicel. Os mais de 230 colaboradores transitam para a NSDU. Esta última assegura as operações logísticas da venda dos produtos da Central de Cervejas em parte ou na totalidade dos distritos de Coimbra, Aveiro, Porto, Viana do Castelo, Évora, Beja e Setúbal.

“Com esta operação, a NSDU passará a cobrir todos os territórios assegurados presentemente pela Sodicel, suportada, para o efeito, em todos os colaboradores desta última, bem como nos meios materiais afetos à venda, pós venda, distribuição e armazenagem que vêm sendo utilizados pela Sodicel”, informa a dona da Sagres e da Luso em comunicado.

Contactado pelo Dinheiro Vivo, Nuno Pinto Magalhães, diretor de comunicação e relações institucionais da empresa, justifica esta operação. Esta, diz, “tem em linha de conta a dimensão e a performance da Sodicel, o impacto que tem no Canal Horeca com mais de 10 mil clientes, e o posicionamento estratégico da SCC e das suas marcas no route to market , numa proximidade maior com os seus clientes e consumidores”. Paralelamente, acrescenta, “traduz a confiança que a SCC e o seu acionista Heineken têm no futuro do mercado em Portugal”.

A Sodicel é desde 1959 uma das distribuidoras da Sociedade Central de Cervejas e bebidas, cobrindo os distritos de Leiria, Castelo Branco, Lisboa e de Santarém.

“Com a aquisição da atividade da Sodicel, estaremos a criar uma plataforma forte e sustentável que nos permite continuar a construir a penetração e a presença das nossas marcas” neste canal, refere Ronald den Elzen, CEO da SCC em comunicado. A empresa, adianta ao Dinheiro Vivo o responsável de comunicação e relações institucionais da Sociedade Central de Cervejas, “representa cerca de 10 % das vendas do nosso portefolio, no canal Horeca”.

A expansão da área de distribuição da Sodicel para outras regiões do país “não se coloca”. “Esta operação é um caso específico pela dimensão e performance da Sodicel. Continuamos a contar com a manutenção de distribuidores independentes na nossa rede de distribuição”, assegura Nuno Pinto Magalhães.

A Sodicel é a 26º empresa maior empresa do distrito de Leiria, com um volume de negócios de de 37,95 milhões de euros e lucros de 85,7 mil euros o ano passado, segundo o ranking das 250 maiores empresas do distrito, citado no Jornal de Negócios. O ativo estava avaliado em 32,3 milhões de euros.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
O Facebook quer proteger melhor os dados dos utilizadores

Proteção de dados: Sete medidas que as empresas devem adotar

Mário Centeno, ministro das Finanças. Fotografia: MÁRIO CRUZ/LUSA

Défice sobe, mas receita da TSU tem melhor início de ano desde 2008

Função pública perdeu 70 mil trabalhadores desde 2011

Sindicatos sobem fasquia e pedem aumentos acima da inflação para 2018

Outros conteúdos GMG
Conteúdo Patrocinado
Dona da Sagres compra distribuidora Sodicel