cartel

Dona da Sagres rejeita acusação da AdC. “Não cometeu qualquer infração”

Fotografia: DR
Fotografia: DR

Cervejeira foi uma das acusadas pela Autoridade da Concorrência de práticas anti-concorrenciais por combinação de preços com cadeias de supermercados

A Sociedade Central de Cervejas e Bebidas já reagiu à acusação da Autoridade da Concorrência (AdC) que acusou a dona da Sagres, entre outras empresas, de combinação de preços com cadeias de distribuição, prejudicando com isso os consumidores. A empresa garante que “não cometeu qualquer infração”.

A cervejeira rejeita “a imputação que lhe é feita, uma vez que não cometeu qualquer infração e que, tal como a Autoridade da Concorrência reconhece no seu comunicado, ‘a adoção de Notas de Ilicitude não determina o resultado final das investigações’.”

A acusação do regulador abrange ainda administradores da Sociedade alegadamente envolvidos na infração do direito da concorrência. “A SCC irá exercer o seu direito de defesa, convicta de que lhe será reconhecida a conformidade das suas práticas com as regras do mercado”, diz a companhia que, diz que “que pauta, e sempre pautou, a sua conduta pelo estrito cumprimento das regras da concorrência.”

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Vista aérea da Praça dos Restauradores em Lisboa, Portugal, 24 Março de 2020. ANTÓNIO COTRIM/LUSA

A economia entrou em estado de quarentena

Lisboa, 10/05/2019 - Vida do Dinheiro (DN-TSF) - Isabel Furtado, presidente da Cotec e da TMG.
Isabel Furtado
(Gerardo Santos / Global Imagens)

Covid-19: “Medidas têm de ser estratégicas e não apenas imediatas e impulsivas”

Ursula  von der Leyen, presidente da Comissão Europeia. Fotografia: Kenzo Tribouillard/AFP

Comissão Europeia vai rever proposta de orçamento da UE

Dona da Sagres rejeita acusação da AdC. “Não cometeu qualquer infração”