media

Dona da TVI com lucros de 1,9 milhões até março

Rosa Cullel, CEO da Media Capital
Rosa Cullel, CEO da Media Capital

Receitas de publicidade no grupo recuaram 10%, para 23,2 milhões de euros.

A Media Capital fechou março com lucros de 1,9 milhões de euros, uma subida de 3% face aos primeiros três meses do ano passado “essencialmente por força de uma melhoria dos resultados financeiros”, informa o grupo dono da TVI.

As receitas da dona da TVI e da rádio Comercial recuaram 10%, para pouco mais de 35 milhões até março, refletindo as quebras de receitas da unidade de televisão (-12%) e de produção audiovisual (39%).

Os proveitos de publicidade caíram 10%, para 23,2 milhões de euros. “No segmento de Televisão, a publicidade registou uma variação de -12% no trimestre. No segmento de Rádio verificou-se uma subida de 4%, enquanto no segmento Outros (que inclui as áreas do Digital, Música e Eventos, assim como a holding e os serviços partilhados do Grupo), houve uma diminuição de 15%”, informa o grupo.

TVI: receitas recuam 12%

Nos primeiros três meses do ano, as receitas da TVI caíram 12%, para 28,6 milhões de euros, com a publicidade (-12%, para 18,8 milhões) e o item outros rendimentos (-11%, para 9,8 milhões) a contribuírem negativamente para esta descida. A “evolução adversa do mercado” publicitário e os “menores rendimentos com serviços multimédia, direitos de sinal e vendas de conteúdos” são as justificações apresentadas pelo grupo.

Os gastos operacionais recuaram 9%, para 24,6 milhões, com o EBITDA a cair 24%, para 3,9 milhões. A TVI fechou o primeiro trimestre com um resultado operacional (EBIT) de 3,2 milhões. Ou seja, menos 29%.

Produção audiovisual agrava resultados operacionais negativos

As receitas operacionais da Plural, braço de produção da Media Capital, caíram 39% até março, para 6,6 milhões de euros. A produtora que tem na TVI o seu maior cliente teve gastos operacionais de 7,3 milhões, menos 32%, mas o EBITDA foi para o negativo: menos 664 mil euros. O resultado operacional manteve-se no vermelho, tendo aumentado de 456 mil para 1,5 milhões negativos.

Rádio: resultado operacional melhora 53%

Na MCR, braço das rádios da Media Capital, os rendimentos operacionais subiram 2%, para 3,9 milhões de euros. A publicidade subiu 4%, para 3,8 milhões, mas os outros rendimentos, impactados pela atividade de eventos, caíram 38%, para 143 mil euros. Apesar do recuo de 7% do EBITDA, para 799 mil euros, o resultado operacional melhorou 53%, para 607 mil euros.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Imagem DVfinal

Uma ideia para o futuro de Portugal

José Galamba de Oliveira, presidente da Associação Portuguesa de Seguradores. (PAULO SPRANGER/Global Imagens)

“Catástrofes mais frequentes vão tornar os seguros mais caros”

(Joao Silva/ Global Imagens)

Transição das rendas antigas acaba. Cem mil famílias vão pagar mais

Outros conteúdos GMG
Dona da TVI com lucros de 1,9 milhões até março