Dona da Zara sobe vendas e lucros. Veja quem ganha com isso

A Zara é a marca que vende mais: mais de 11 mil milhões de euros
A Zara é a marca que vende mais: mais de 11 mil milhões de euros

A Inditex, a dona de marcas de roupa como a Zara, Bershka, Massimo Dutti ou Pull&Bear, fechou 2014 com lucros de 2,5 mil milhões de euros, mais 5% que no ano anterior, anunciou hoje a empresa que também viu as vendas crescer 8% para 18,1 mil milhões de euros.

Em consequência desta melhoria dos resultados, a empresa decidiu pagar mais aos acionistas, aumentando os dividendos em 7,5%, para 52 cêntimos por ação, e decidiu também beneficiar os seus trabalhadores com um bónus, mas só a partir de 2016.

A empresa espanhola criou um plano que repartirá com todos os empregados com mais de dois anos de casa “10% do aumento dos lucros líquidos até um máximo de 2% do lucro total”. No total, serão 70 mil trabalhadores a receber este prémio, diz a Inditex, que conta com um total de 137 mil empregados.

Segundo as contas do Expansion, assumindo os resultados de 2014 isto significaria um máximo de 50 milhões de euros para distribuir pelos trabalhadores, mas de acordo com a empresa, este bónus apenas será pago a partir de 2016 e tendo em conta o aumento de lucros e vendas registados em 2015.

“Devido ao desempenho da empresa nos últimos anos, criou-se um plano extraordinário de participação dos empregados no crescimento dos benefícios da empresa em 2015 e 2016. A primeira parte será paga em 2016, tendo em conta o aumento dos lucros do grupo em 2015 e a segunda parte executar-se-á em 2017, seguindo o mesmo modelo”, diz a empresa no comunicado publicado no site.

Zara continua a ser a que vende mais

De acordo com o Expansion, a melhoria dos resultados da Inditex deve-se à recuperação económica em Espanha e ao plano de expansão da empresa que, em 2014, abriu mais 343 lojas – entre elas espaços da Pull&Bear, da Bershka e da Massimo Dutti – e está já em 88 países com 6683 estabelecimentos.

A Zara, onde aliás o grupo começou, continua a ser a estrela da companhia, tendo faturado, em 2014, 11,6 mil milhões de euros, mais 7% que no ano anterior, avança o Expansion, referindo ainda que a a Pull&Bear é a segunda marca que mais vende, ainda que num patamar muito distante da Zara. Em 2014 vendeu 1,3 mil milhões, mais 8% que no ano anterior.

Esta realidade passa-se a nível mundial, mas em também a realidade em Portugal onde as marcas da Inditex que mais vendem são, por ordem, a Zara, Pull&Bear, Massimo Dutti, Bershka, Stradivarius, Oysho, Zara Home e a Uterqüe, pode ler-se no comunicado.

Novas aberturas

Para Portugal não são conhecidas novas aberturas de nenhumas das marcas da Inditex, pelo menos por enquanto. E se abrirem serão na rua ou em centros comerciais já existentes, dado que não há novos shoppings em construção. No limite, podem ainda haver remodelações de lojas, como aconteceu o ano passado no Colombo, por exemplo.

No resto do mundo, a Inditex mantém o seu forte plano de expansão e segundo a empresa, entre novas lojas previstas o destaque vai para as aberturas da Oxford Street, em Londres, Inglaterra; na Praça da Catalunha, em Barcelona, Espanha e em Nova Iorque, nos EUA, na Quinta Avenida, no novo World Trade Centre e no Soho.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
O presidente do Conselho Geral e de Supervisão da ADSE, João Proença, durante a sua audição na Comissão de Saúde, na Assembleia da República, em Lisboa, 27 de fevereiro de 2019. MÁRIO CRUZ/LUSA

ADSE já enviou novas tabelas de preços aos privados para negociação

Mario Draghi, Presidente do Banco Central Europeu. REUTERS/Kai Pfaffenbach

BCE discutiu pacote de medidas para estimular economia na reunião de julho

Hotéis de Lisboa esgotaram

“Grandes” eventos impulsionaram aumento dos preços na hotelaria em junho

Outros conteúdos GMG
Dona da Zara sobe vendas e lucros. Veja quem ganha com isso