Carreiras

Dona do Meo já contratou metade dos mais de 200 previstos até ao final do ano

Alexandre Fonseca, CEO da Altice Portugal

(Filipe Amorim / Global Imagens)
Alexandre Fonseca, CEO da Altice Portugal (Filipe Amorim / Global Imagens)

Operadora liderada por Alexandre Fonseca admite aumentar o número de recrutamentos previstos até ao final do ano

A Altice Portugal já contratou mais de metade dos mais de 200 colaboradores que pretendia recrutar até ao final do ano, e admite estender o número de contratações.

“É expectável que a Altice supere o número inicialmente anunciado, uma vez que a meio do ano já ultrapassamos mais de metade”, adianta fonte oficial da operadora ao Dinheiro Vivo.

A operadora acaba de contratar cerca de duas dezenas de jovens universitários para o Meo, para as áreas de digital, marketing, produto, comunicação ou comercial, elevando para mais de uma centena o número de quadros que ingressaram na empresa desde o início do ano.

Uma política de recrutamento que visa operar num rejuvenescimento dos recursos humanos da empresa, conhecida num momento em que a companhia tinha colocado em marcha após o Pessoa, um programa de saída voluntária dirigido a colaboradores com 50 anos ou mais.

“Esta aposta em novas gerações é também uma forma de rejuvenescimento da empresa, através da captação de talento jovem, contando com a sua ambição, talento e conhecimento para ajudar a Altice Portugal e as suas marcas a reforçar a sua liderança nos segmentos onde atuam”, diz a companhia em comunicado.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
ExpoDubai2020 2

Uma smart city no meio do deserto. Bem-vindos aos bastidores da Expo Dubai 2020

ExpoDubai2020 2

Uma smart city no meio do deserto. Bem-vindos aos bastidores da Expo Dubai 2020

Lisboa-13/11/2019  - Lic’nio Pina (Presidente do CrŽdito Agr’cola Mœtuo), convidado da entrevista A Vida do Dinheiro.
(PAULO SPRANGER/Global Imagens)

Licínio Pina: “Os bancos têm abusado um bocadinho, há comissões para tudo”

Outros conteúdos GMG
Dona do Meo já contratou metade dos mais de 200 previstos até ao final do ano