Coronavírus

Dono da TVI. “À data só tenho um lay-off na produtora Plural”

Luís Cabral
Luís Cabral

Luís Cabral, CEO da Media Capital, foi recebido por Marcelo Rebelo de Sousa numa ronda de encontros em Belém com os principais grupos de media.

Os 15 milhões de euros de publicidade institucional é “muito bem-vindo” embora fique aquém das quedas de receitas registadas no sector dos media por causa da pandemia do Covid-19, diz Luís Cabral, CEO da Media Capital. “À data só tenho um lay-off na produtora Plural”, diz o gestor, à saída do encontro com o Presidente da República, no âmbito da ronda de encontros promovida por Marcelo Rebelo de Sousa junto dos maiores grupos de media nacionais.

O apoio governamental “é muito bem-vindo”, diz Luís Cabral, embora admitindo que “a queda que temos é superior ao apoio que vamos ter, mas volto a frisar é muito bem-vindo”.

O apoios ainda não chegou aos grupos de media. “Acho que vão chegar rapidamente. Espero que sim”, disse ainda.

“Tudo isto para todos nós ainda é uma incerteza o que vai ser o mês de maio, junho, se haverá ou não uma segunda vaga da pandemia, por isso, qualquer estimativa exacta numérica”, refere o gestor.

“Todos nós temos de ir fazendo navegação à vista, não há bolas de cristal que nos possam dizer o que vai ser o mês de maio, o de junho, se vai ou não haver segunda vaga ou não da pandemia. O temos de fazer é um controlo muito grande de custos, uma gestão muito equilibrada e racional que como gestores temos de fazer nesta altura do campeonato. Sendo que tenho um negócio que não pode parar. A comunicação social não pode parar, tem de continuar, as rádios e as televisões a emitir e falo-e-mos”, garante.

“À data só tenho um lay-off na produtora Plural, porque tenho uma verdadeira paragem de atividade. As produções das novelas, à semelhança de todas as produtoras de ficção estamos todos parados”, adianta o CEO da Media Capital.

A pandemia do Covid-19 apanhou o grupo Media Capital em processo de venda à Cofina – que deixou cair a oferta – e mais tarde retomado por Mári Ferreira, com o empresário da DouroAzul a avançar para a compra de 30% do grupo domo da TVI.

Venda cancelada afetou a operação? “Isso são decisões acionistas. O meu foco é na gestão da Media Capital. Isso são entendimentos acionistas que ultrapassam completamente a gestão do dia-a-dia.”

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa, intervém durante a cerimónia de assinatura de declaração de compromisso de parceria para Reforço Excecional dos Serviços Sociais e de Saúde e lançamento do programa PARES 3.0, no Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, em Lisboa, 19 de agosto de 2020. ANDRÉ KOSTERS/LUSA

“Na próxima semana podemos chegar aos 1000 casos por dia”, avisa Costa

Fachada da Caixa Geral de Depósitos. 
(Sarah Costa / Global Imagens)

Clientes da CGD sem acesso ao serviço Caixadirecta

App Stayaway covid

App Stayaway Covid perto do milhão de downloads. 46 infetados enviaram alertas

Dono da TVI. “À data só tenho um lay-off na produtora Plural”