Dono do Pingo Doce. "Vamos continuar a premiar as pessoas que trabalham connosco"

O ano passado o grupo atribui 189 milhões de prémios aos trabalhadores em Portugal, Polónia e Colômbia.

"Vamos continuar a premiar as pessoas que trabalham connosco", garante Pedro Soares dos Santos, CEO da Jerónimo Martins, num encontro digital com jornalistas depois da apresentação de resultados de 2020 do grupo dono do Pingo Doce e do Recheio. O ano passado o grupo atribui 189 milhões de prémios aos trabalhadores em Portugal, Polónia e Colômbia.

"O ano passado gastamos 189 milhões em prémios e este ano vai na mesma linha. Vamos continuar a premiar as pessoas que trabalham connosco, porque merecem e em função daquilo que têm sido capazes de fazer, de enfrentar, e a coragem com que têm estado na linha da frente, na relação com os consumidores", disse o gestor quando questionado pelo Dinheiro Vivo.

"Não há nada para alterar nessa nossa política em relação ao ano de 2021", reforça.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de