Dos 53 milhões de euros a pagar pela CP Carga, Governo fica apenas com dois

Contrato de venda deve ser assinado em agosto
Contrato de venda deve ser assinado em agosto

A MSC Rail foi a empresa escolhida pelo Governo para comprar a CP Carga, a companhia pública de transporte ferroviário de mercadorias, e a ditar a decisão tomada ontem em Conselho de Ministros esteve o facto de o montante oferecido - 53 milhões de euros - ser o mais elevado das três ofertas a concurso. Contudo, deste montante global, o Estado apenas arrecadará dois milhões de euros para usar como entender.

A maior parte do montante pago – 51 milhões de euros – serão para abater dívidas da CP Carga a outras empresas públicas e ainda o passivo da própria empresa.

Ou seja, acontecerá o mesmo que se passou com a TAP em que dos 354 milhões de euros pagos, apenas 10 milhões vão para o Estado.

O Estado irá ainda transferir para o balanço da MSC Rail um conjunto de vagões e locomotivas avaliadas em 110 milhões de euros, material circulante que está hoje na esfera da CP, ou seja, na esfera do Estado, e que passam a ser da MSC Rail.

Em contrapartida, adiantou o secretário de Estado dos Transportes, Sérgio Monteiro, a MSC Rail vai também aplicar 16 milhões de euros no aluguer de locomotivas à CP, o que significa uma receita adicional para a empresa pública de comboios e, consequentemente para o Estado.

O governante não soube precisar quantas locomotivas e quantos vagões vão ser tranferidos e alugados, mas a julgar pelas ambições da MSC Rail ainda serão necessários alguns.

De acordo com um comunicado dos novos donos da CP Carga, o objetivo é “que a empresa [a CP Carga] cresça, se renove e se afirme como um sólido operador ferroviário”. Aliás, ambiciona mesmo que as duas empresas juntas se transformem “no maior operador ferroviário de mercadorias da Península Ibérica”.

MSC Rail cria empregos

De acordo com o secretário de Estado dos Transportes, a proposta da MSC Rail mostrava uma clara aposta no desenvolvimento da CP Carga e no aumento da sua atividade o que, além de requerer um refoço de material circulante, requer também pessoas.

“Existe um compromisso da MSC Rail de estabilidade laboral e os acordos de empresa não cessam imediatamente a sua vigência com a transferência de proprietário. Além disso, a expectativa é de que actividade cresça e, por isso, que haja um crecimento do número de trabalhadores”, disse Sérgio Monteiro, na quinta-feira, no briefing do Conselho de Ministros.

Quem é a MSC Rail?

A MSC Rail – Operadores Ferroviários é uma empresa portuguesa que integra o grupo MSC – Mediterranean Shipping Company Portugal que foi criado no final de 2012 e é um dos braços da MSC – Mediterranean Shipping Company, uma dos maiores transportadoras marítimas de mercadorias do mundo e um dos maiores clientes do porto de Sines.

Aliás, em 2014, a MSC Rail – que realiza transporte ferroviário de mercadorias – iniciou a atividade em Sines, Bobadela, Entroncamento e Leixões e pouco depois cresceu para Setúbal e para a Figueira da Foz, assegurando a gestão de cerca de 4100 comboios em território nacional.

Para realizar este transporte de mercadorias, a MSC contrata a CP Carga e é, por isso, um dos seus maiores clientes, o que significa que toda esta operação carece ainda da aprovação da Autoridade da Concorrência que, segundo Sérhio Monteiro, deverá ser notificada assim que for assinado o contrato promessa de compra e venda. Isto deverá acontecer “ainda em agosto”, disse o secretário de Estado.

Além da MSC Rail, a MSC Portugal – que é liderada por Carlos Vasconcelos – integra ainda MSC Logistics.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Foto: Leonel de Castro/Global Imagens

Famílias com 12 meses para pagarem rendas do estado de emergência

(João Silva/ Global Imagens)

Papel higiénico, conservas:em 2 semanas, portugueses gastam 585 milhões no super

coronavírus em Portugal (covid-19) corona vírus

140 mortos e 6408 casos confirmados de covid-19 em Portugal

Dos 53 milhões de euros a pagar pela CP Carga, Governo fica apenas com dois