banca

É oficial. Banco CTT passa a gerir rede Payshop

Francisco Lacerda, presidente dos CTT

Fotografia: Manuel de Almeida/Lusa
Francisco Lacerda, presidente dos CTT Fotografia: Manuel de Almeida/Lusa

Hipótese tinha sido referida pela Comissão de Trabalhadores durante as audições parlamentares. Agora chega a confirmação do operador postal

É oficial. O Banco CTT vai mesmo a passar a gerir a rede PayShop. A confirmação do operador postal veio depois de hoje a Comissão de Trabalhadores ter adiantado no Parlamento que esta hipótese estava a ser estudada pela empresa.

“A integração da Payshop no Banco CTT enquadra-se na estratégia dos CTT de reforçar a área dos serviços financeiros, a qual, a par das encomendas, irá conduzir o crescimento futuro. Os CTT podem-se orgulhar de deter esta plataforma única em Portugal que é a Payshop e estamos certos que esta reorganização dentro do Grupo irá permitir levá-la ainda mais longe, reforçando a proximidade que tem com todos os clientes”, disse Francisco Lacerda, CEO do Grupo CTT e Presidente do Conselho de Administração do Banco CTT, citado em nota enviada às redações.

“A Payshop será potenciada pelo Banco CTT, na adaptação da plataforma a redes digitais, no reforço da sua proximidade a todos os portugueses e na prestação de serviços ainda mais completos e diversificados”, disse, por seu lado, Luís Pereira Coutinho, Presidente da comissão executiva do Banco CTT.

Esta alteração vai permitir ao Banco CTT aumentar a proximidade com os seus clientes através da rede física da Payshop, com mais de 4 mil agentes, a qual irá complementar a rede de 208 balcões as plataformas digitais da instituição financeira. “A marca Payshop será mantida, estando previsto para breve o lançamento de novas soluções na área dos pagamentos”, informa os CTT.

A Payhop é a segunda maior rede de pagamentos em Portugal, permitindo o pagamento de serviços como água, eletricidade, carregamentos de telemóveis, entre outros serviços. O ano passado a rede Payshop realizou mais de 30 milhões de operações, num volume global de transações superior a 700 milhões de euros, segundo informação dos CTT.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Centro técnico da Uber, no Cairo, Egito. Fotografia: REUTERS/Amr Abdallah Dalsh

Portugal já lidera emprego online em plataformas como Uber, Airbnb e similares

NOS

Lucro da NOS sobe para 78,9 milhões no 1.º semestre

Carlos Saturnino, Sonangol.

( Filipa Bernardo/ Global Imagens )

Sonangol vende ativos para investir na produção

Outros conteúdos GMG
É oficial. Banco CTT passa a gerir rede Payshop