É oficial. João Bento é o CEO que se segue a Lacerda nos CTT

CTT já anunciou novo CEO, depois da renúncia de Francisco Lacerda ao cargo conhecida na sexta-feira

É oficial. João Bento é o novo presidente executivo dos CTT, substituindo Francisco Lacerda na liderança do operador postal.

A nomeação foi comunicada esta segunda-feira pelo operador postal. João Bento, até aqui vogal no conselho de administração dos CTT, foi nomeado para "completar o mandato em curso" e vai deixar de "exercer qualquer função no grupo Manuel Champalimaud, com efeitos a partir de 22 de maio, mantendo-se em funções os demais quatro membros da Comissão Executiva", comunicou os CTT.

Dionizia Ferreira, António Pedro Silva, Guy Pacheco (CFO) e Francisco Simão compõem a comissão executiva.

O grupo de Manuel Champalimaud é o maior acionista individual dos CTT, com 12,58%.

"Esta designação, atento ao perfil, experiência e conhecimento da empresa do CEO designado, bem como a manutenção dos quatro outros membros da equipa executiva, permite uma transição sólida e atempada da liderança da equipa executiva", justifica o operador postal.

A mudança de CEO surge numa altura em que o operador tem em curso um processo de reestruturação em curso até 2020, que passou pelo fecho de estações e pela redução até mil colaboradores, para preparar a empresa para as quebras do tráfego postal. A reorganização levou a que pelo menos 33 conselhos, segundo a Anacom, ficassem sem estação de correios, número que poderia subir para 48 este ano.

O fecho de estações gerou muita contestação política e popular, tendo originado inclusive, proposta de regresso da empresa à esfera nacional, propostas pelo Bloco e PCP, chumbadas no Parlamento.

O PS votou contra, mas o atual ministro da tutela, Pedro Nuno Santos, já disse no Parlamento que o Governo vai apertar as regras, e exigir que os CTT tenham uma estação por conselho, aquando da negociação do novo contrato de concessão. O atual termina no final de 2020.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de