É oficial. Luís Cabral é o novo CEO da dona da TVI

O novo CEO era até aqui administrador da MCR, o braço que detém a Rádio Comercial. Pais de Amaral e Pires de Lima saíram do conselho de administração

É oficial. Luís Cabral é o novo CEO da dona da TVI, acaba de comunicar a Media Capital ao mercado. Pais do Amaral e Pires de Lima saíram do conselho de administração do grupo.

Até aqui administrador da MCR, Luís Cabral substitui Rosa Cullell na liderança do grupo dono da TVI e da Rádio Comercial. Cullell ocupava o cargo desde 2011, em substituição de Bernardo Bairrão.

"É com enorme sentido de responsabilidade que assumo esta liderança. Aceito o repto com a convicção de que temos todas as ferramentas para enfrentar com sucesso os desafios que temos pela frente”, adianta Luís Cabral, citado em comunicado enviado pelo grupo.

"Agradeço a confiança que me foi depositada pelo Grupo Prisa, ao qual continuarei ligada, e agradeço em especial o empenho e a amizade de toda a equipa da Media Capital que me acompanhou durante o caminho. A solidez financeira, o talento criativo e a total independência da nossa informação dão-me a total confiança de que o grupo Media Capital vai ser protagonista e líder na transformação do mercado audiovisual português”, frisou Rosa Cullell, citada em comunicado.

“Agradecemos à Rosa Cullell todos estes anos de trabalho e dedicação à Media Capital e que se traduziram num longo período de liderança nos vários segmentos, aliados a um percurso financeiro sólido e sustentável. A empresa está hoje preparada para enfrentar os desafios presentes e futuros, agora sob a liderança de Luís Cabral, que está connosco há vários anos e no qual temos uma elevada confiança”, conclui Manuel Mirat, CEO da Prisa, citado no mesmo comunicado.

A mudança na liderança executiva do grupo surge uma semana depois de a Bloomberg ter noticiado que a espanhola Prisa (que controla o grupo) estava a ponderar uma alteração estratégica, que passava também por uma mudança na liderança de topo.

Desde o falhanço da compra do grupo pela Altice o ano passado que, de acordo com fonte ouvida pelo DV, que a gestora procurava uma solução interna para a sua substituição.

A mudança de CEO chega num momento em que a TVI, depois de 12 anos, perdeu desde fevereiro a liderança para a SIC, tendo o grupo registado prejuízos de 1,4 milhões no primeiro trimestre, abaixo dos lucros de 1,9 milhões registados em período homólogo do ano anterior.

Luís Cabral está ligado ao grupo desde 1997, tendo passado por funções de gestão na MC Edições e MC Outdoor, da qual foi CEO. Este último ativo foi vendido ao Fundo Explorer, dando origem à empresa de publicidade exterior MOP.

Com a nova nomeação do CEO, o grupo espanhol comunicou ainda a saída de Pais do Amaral (presidente do conselho de administração) e Pires de Lima (membro do conselho de administração e Presidente da Comissão de Auditoria). Os gestores "apresentaram renúncia aos seus cargos nos órgãos sociais da Sociedade".

Para os cargos, a Prisa nomeou Manuel Mirat Santiago, até membro não executivo, como Presidente do Conselho de Administração, deixando de integrar a Comissão de Auditoria; tendo designado ainda Maria del Pilar del Rio Sanches Saramago e Pedro Garcia Guillen, para integrar a Comissão de Auditoria como vogais.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de