É para ele e para ela. Zara lança coleção sem género

Zara lançou nova coleção de roupa sem género. Mas os clientes estão pouco contentes e dizem que é simplesmente "chata"

Calças direitas que não olham às curvas nem à cintura, t-shirts de corte reto, sweatshirts largas e de capuz. Assim é a nova coleção da Zara que, como diz o jargão, é para o menino e para a menina.

Do que falamos? Da primeira coleção sem género que a marca da Inditex apresenta ao mercado. Uma gama de roupas que servem a qualquer um, tanto pelos cortes como pelas cores que passam pelo branco, cinzento, preto ou azul-escuro.

O movimento não é inédito. Outras marcas como a Calvin Klein ou Reebok já aderiram ao "sem género", adoptando uma coleção mais básica e neutra que sirva tanto para rapaz como rapariga. Neste caso, são modelos mais desportivos que contam, igualmente, com ténis.

No entanto, a reação que causou não foi a melhor. Um pouco por todo o mundo, os clientes Zara começam a reagir negativamente a este lançamento, não pelo que simboliza, mas pela simplicidade das peças a que apelidam como "chatas".

Veja mais aqui

Veja mais aqui

Veja mais aqui

Veja mais aqui

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de