Empresas

Edenred aumenta lucros em 23% para 312 milhões de euros em 2019

Edenred
Foto: Edenred via Glassdoor

A Edenred registou um lucro de 312 milhões de euros em 2019, um aumento de 22,9% face aos 254 milhões de euros registados em 2018.

A empresa de serviços de pagamentos Edenred registou um lucro de 312 milhões de euros em 2019, um aumento de 22,9% face aos 254 milhões de euros registados em 2018.

De acordo com um comunicado da empresa sediada em Malakoff, França, as receitas totais do grupo aumentaram 18% face a 2018, de 1.378 milhões de euros para 1.626 milhões, dos quais 1.570 são receitas operacionais.

O crescimento “teve em conta o impacto positivo das mudanças no âmbito da consolidação (5,1%) e um pequeno efeito negativo dos câmbios (-0,9%) ao longo do ano”, segundo a Edenred.

O maior mercado da Edenred continuou a ser a Europa em 2018, já que as receitas nessa região aumentaram 16,9%, de 755 milhões de euros em 2018 para 884 milhões em 2019.

Seguem-se a América Latina (aumento de 497 milhões de euros em 2018 para 559 milhões de euros em 2019) e o resto do mundo (75 milhões de euros em 2018 para 127 milhões em 2019).

O EBITDA (resultados antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) da Edenred registou também um aumento face a 2018, de 24,8%, já que passou de 536 milhões de euros para 668 milhões de euros.

A Edenred irá propor uma remuneração aos seus acionistas de 87 cêntimos por ação, um cêntimo acima de 2018.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
A ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho. ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA

1400 empresas já pediram para aderir ao novo lay-off, apoios só a 28 de abril

Antonoaldo Neves, presidente executivo da TAP. Fotografia: Adelino Meireles/Global Imagens

TAP também vai avançar com pedido de layoff

Veículos da GNR durante uma operação stop de sensibilização para o cumprimento do dever geral de isolamento, na Autoestrada A1 nas portagens dos Carvalhos/Grijó no sentido Sul/Norte, Vila Nova de Gaia, 29 de março de 2020. MANUEL FERNANDO ARAÚJO/LUSA

Mais de 80 detidos e 1565 estabelecimentos fechados

Edenred aumenta lucros em 23% para 312 milhões de euros em 2019