alojamento

“Maior hostel de Portugal” vai nascer em antiga loja dos CTT, promete comprador

Rua da Palma 236-238

A transação foi fechada, a 5 de dezembro, por 10,3 milhões, o que representa mais-valia contabilística antes de impostos de 8,5 milhões de euros.

Os CTT formalizaram a venda do imóvel da Rua da Palma, em Lisboa, por 10,3 milhões de euros, à irlandesa Clink Hostels, representada em Portugal pela consultora imobiliária Worx. A transação do edifício onde funcionava a estação dos CTT Socorro – uma das 22 lojas encerradas pelo operador – já estava em andamento, mas só agora foi anunciado o nome do comprador.

Os termos do contrato de promessa de compra e venda foram celebrados no dia 15 de maio deste ano. A 5 de dezembro, os CTT assinaram a escritura pública de venda definitiva do ativo, com reabertura prevista entre o final de 2019 e início de 2020. Este negócio integra o plano de reestruturação dos CTT, conhecido em dezembro de 2017, onde a empresa anunciou a intenção de alienar cerca de 30 ativos não estratégicos para melhorar a rentabilidade.

O projeto que irá resultar desta aquisição já tem destino definido: o “maior hostel de Portugal” – embora ainda não esteja fechado o número de quartos. “Lisboa é um dos destinos mais badalados do mundo e mal podemos esperar para que a Clink esteja presente”, refere Niall O’Hanlon, diretor de aquisições da Clink Hostels, citado em comunicado. E, realça: “com um forte foco na cultura e criatividade como parte de nossa marca, acreditamos que a Clink será uma ótima opção de alojamento nesta cidade vibrante e uma adição valiosa para a oferta de alojamento para jovens em Lisboa”.

A marca Clink está presente em algumas das principais cidades europeias em edifícios únicos, tais como um tribunal vitoriano e uma associação estudantil em Londres ou um antigo laboratório em Amesterdão.

A mesma visão é partilha por Alberto Henriques, do departamento de Hospitality da Worx, para quem “Lisboa é, neste momento, um dos destinos turísticos mais procurados do mundo, sendo normal a procura por parte operadores e investidores hoteleiros por ativos desta natureza”.

*Notícia atualizada com data prevista de inauguração às 14:35.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
João Lousada no deserto de Omã como astronauta análogo, em 2018

João Lousada. Conheça o primeiro português a liderar a Estação Espacial

João Lousada no deserto de Omã como astronauta análogo, em 2018

João Lousada. Conheça o primeiro português a liderar a Estação Espacial

Fotografia: REUTERS/Henry Nicholls - RC122C9DD810

Cartas de Boris Johnson causam surpresa e perplexidade em Bruxelas

Outros conteúdos GMG
“Maior hostel de Portugal” vai nascer em antiga loja dos CTT, promete comprador